Vissza az Europarl portálra

Choisissez la langue de votre document :

  • bg - български
  • es - español
  • cs - čeština
  • da - dansk
  • de - Deutsch
  • et - eesti keel
  • el - ελληνικά
  • en - English
  • fr - français
  • ga - Gaeilge
  • hr - hrvatski
  • it - italiano
  • lv - latviešu valoda
  • lt - lietuvių kalba
  • hu - magyar
  • mt - Malti
  • nl - Nederlands
  • pl - polski
  • pt - português (kiválasztva)
  • ro - română
  • sk - slovenčina
  • sl - slovenščina
  • fi - suomi
  • sv - svenska
Ez a dokumentum nem elérhető az Ön által választott nyelven. Válasszon másik nyelvet a felsoroltak közül.

 Index 
 Teljes szöveg 
Debates
Quinta-feira, 21 de Novembro de 2013 - Estrasburgo Edição revista

A Base Tecnológica e Industrial de Defesa Europeia (A7-0358/2013 - Michael Gahler)
MPphoto
 
 

  João Ferreira (GUE/NGL), por escrito. Este relatório confirma o objectivo da UE de reforço da sua componente militarista. Confirma as suas ambições imperiais de recolonização do planeta. O caminho foi aberto pelo Tratado de Lisboa. Defende-se que a Política Comum de Defesa e Segurança necessita de uma forte base industrial e tecnológica europeia, devendo esta ser a sua prioridade, submetendo as políticas da UE às obrigações decorrentes da NATO. Com esse objectivo em vista, o relatório propõe que se acabe com as reduções nos investimentos de defesa, afirmando que essas reduções nos orçamentos da defesa representam um risco de carácter estratégico. O complexo militar-industrial europeu faz ouvir a sua voz através deste relatório - que sugere que se aumente o orçamento de defesa, se incentive as exportações de armas, se fomente o desenvolvimento de um Complexo Militar e Industrial através da criação do mercado europeu de defesa, propondo o recurso aos orçamentos europeus para financiar as vertentes militares. O relatório pede mesmo a fusão da investigação e do financiamento civil e militar, militarizando o conhecimento e as políticas civis, afim da criação de um mercado europeu de defesa mais competitivo. Deplorável e repugnante. Obviamente votámos contra.

 
Jogi nyilatkozat - Adatvédelmi szabályzat