Retour au portail Europarl

Choisissez la langue de votre document :

  • bg - български
  • es - español
  • cs - čeština
  • da - dansk
  • de - Deutsch
  • et - eesti keel
  • el - ελληνικά
  • en - English
  • fr - français
  • ga - Gaeilge
  • hr - hrvatski
  • it - italiano
  • lv - latviešu valoda
  • lt - lietuvių kalba
  • hu - magyar
  • mt - Malti
  • nl - Nederlands
  • pl - polski
  • pt - português (sélectionné)
  • ro - română
  • sk - slovenčina
  • sl - slovenščina
  • fi - suomi
  • sv - svenska
Ce document n'est pas disponible dans votre langue. Il vous est proposé dans une autre langue parmi celles disponibles dans la barre des langues.

 Index 
 Texte intégral 
Debates
Terça-feira, 10 de Dezembro de 2013 - Estrasburgo Edição revista

CARS 2020: Plano de ação para uma indústria automóvel forte, competitiva e sustentável na Europa (A7-0391/2013 - Franck Proust)
MPphoto
 
 

  João Ferreira (GUE/NGL), por escrito. A indústria automóvel está em declínio. Afirmam as estatísticas que a quantidade de veículos vendidos decresceu 6,85 %, em veículos particulares e 10,87 % para uso profissional. O relatório aprova todas as iniciativas da Comissão e afirma que a solução para o setor reside numa maior competitividade, através do reforço do mercado interno e da garantia de mais concorrência. A receita não é desconhecida e os resultados que dela saem também não: uma corrida ao cimo na exploração do trabalho, uma corrida ao fundo nos salários e direitos dos trabalhadores. Além disso, o relatório insiste na necessidade de reestruturação da indústria automóvel orientada para a reconversão de trabalhadores e o reforço da flexibilidade laboral, aspetos que assumidamente conduzem à destruição e precarização de milhares de postos de trabalho no setor, em vários Estados-Membros. Uma realidade bem conhecida em Portugal. É lamentável que as propostas que apresentámos em comissão tenham sido rejeitadas. Eram propostas que pugnavam pela manutenção da produção existente em países como Portugal e por uma reestruturação do setor que requalifique e modernize as suas micro, pequenas e médias empresas, que defenda a mão-de-obra qualificada e a criação de trabalho com direitos.

 
Avis juridique - Politique de confidentialité