Terug naar het Europarl-portaal

Choisissez la langue de votre document :

  • bg - български
  • es - español
  • cs - čeština
  • da - dansk
  • de - Deutsch
  • et - eesti keel
  • el - ελληνικά
  • en - English
  • fr - français
  • ga - Gaeilge
  • hr - hrvatski
  • it - italiano
  • lv - latviešu valoda
  • lt - lietuvių kalba
  • hu - magyar
  • mt - Malti
  • nl - Nederlands
  • pl - polski
  • pt - português (huidige pagina)
  • ro - română
  • sk - slovenčina
  • sl - slovenščina
  • fi - suomi
  • sv - svenska
Dit document is niet beschikbaar in uw taal, en wordt u aangeboden in een van de andere beschikbare talen in de talenbalk.

 Index 
 Volledige tekst 
Debates
Terça-feira, 14 de Janeiro de 2014 - Estrasburgo Edição revista

Novo período de programação da política de coesão (A7-0007/2014 - Derek Vaughan)
MPphoto
 
 

  João Ferreira (GUE/NGL), por escrito. O relatório considera e bem que é através da concentração do financiamento no reforço da coesão económica, social e territorial que se poderá alcançar o objetivo da política de coesão de redução das disparidades existentes entre as regiões da UE. Reconhece também que, nos últimos anos, o financiamento da política de coesão tem proporcionado milhares de euros na criação de novos empregos e no apoio de empresas inovadoras, facto que, podendo ser verdade, não é suficiente para ocultar os empregos que, por outro lado, foram destruídos em consequência das políticas e orientações da UE - uma dinâmica prevalecente face à primeira, como o demonstra a realidade em diversos países. O relatório tem lacunas evidentes e não inocentes, cuja consequência poderá ser a acumulação preferencial de fundos em certas regiões, sectores e Estados-Membros, levando a uma distribuição desequilibrada dos (parcos) fundos para a coesão. As medidas de condicionalidade impostas à política de coesão constituem uma barreira real ao financiamento de regiões que, necessitando de se desenvolver, poderão não reunir os critérios requeridos e ficarem privadas do necessário financiamento. O problema do desemprego, e em particular do desemprego entre os jovens, é abordado em termos insuficientes e deficientes, praticamente limitando-se à estafada repetição da lengalenga da submissão à estratégia UE 2020...

 
Juridische mededeling - Privacybeleid