Zpět na portál Europarl

Choisissez la langue de votre document :

  • bg - български
  • es - español
  • cs - čeština
  • da - dansk
  • de - Deutsch
  • et - eesti keel
  • el - ελληνικά
  • en - English
  • fr - français
  • ga - Gaeilge
  • hr - hrvatski
  • it - italiano
  • lv - latviešu valoda
  • lt - lietuvių kalba
  • hu - magyar
  • mt - Malti
  • nl - Nederlands
  • pl - polski
  • pt - português (výběr)
  • ro - română
  • sk - slovenčina
  • sl - slovenščina
  • fi - suomi
  • sv - svenska
Tento dokument není k dispozici ve vašem jazyce a je vám nabízen v jiném, který lze zvolit na liště jazyků.

 Seznam 
 Úplné znění 
Debates
Quinta-feira, 16 de Janeiro de 2014 - Estrasburgo Edição revista

Colocação no mercado para cultivo de um milho geneticamente modificado (B7-0007/2014)
MPphoto
 
 

  João Ferreira (GUE/NGL), por escrito. Esta resolução opõe-se à aprovação da proposta de decisão do Conselho relativa à colocação no mercado, para cultivo, de um milho geneticamente modificado para lhe conferir resistência a determinados lepidópteros. Solicita-se que não seja autorizada nenhuma nova variedade de OGM, nem renovadas as autorizações antigas até que os métodos usados para a avaliação dos riscos tenham sido consideravelmente melhorados. Este tipo de OGM, em particular, tem como consequências, à partida conhecidas, sobre espécies de insetos não-alvo extremamente sensíveis. Faltam estudos de impacto sobre outros organismos. Na avaliação de riscos, a EFSA admitiu não ter tido em conta os potenciais riscos associados à tolerância deste tipo de milho ao herbicida à base de Glufosinato de amónio, classificado como tóxico para a reprodução, podendo levar a um aumento do uso deste herbicida. Além dos riscos para a biodiversidade que a proliferação de culturas transgénicas apresenta, já que possuem uma vantagem competitiva relativamente a outras espécies, não modificadas, podendo a libertação destes organismos geneticamente modificados no meio ambiente acarretar sérias consequências ao nível dos ecossistemas, comprometendo, em particular, as culturas agrícolas convencionais e biológicas, acresce que, atualmente, não é possível garantir de forma cientificamente credível a inocuidade dos produtos transgénicos na alimentação humana e animal. Votámos favoravelmente.

 
Právní upozornění - Ochrana soukromí