Tillbaka till Europarl-webbplatsen

Choisissez la langue de votre document :

  • bg - български
  • es - español
  • cs - čeština
  • da - dansk
  • de - Deutsch
  • et - eesti keel
  • el - ελληνικά
  • en - English
  • fr - français
  • ga - Gaeilge
  • hr - hrvatski
  • it - italiano
  • lv - latviešu valoda
  • lt - lietuvių kalba
  • hu - magyar
  • mt - Malti
  • nl - Nederlands
  • pl - polski
  • pt - português (vald)
  • ro - română
  • sk - slovenčina
  • sl - slovenščina
  • fi - suomi
  • sv - svenska
Detta dokument finns inte på ditt språk, men du kan välja ett annat språk i språkraden ovan.

 Index 
 All text 
Debates
Quarta-feira, 26 de Fevereiro de 2014 - Estrasburgo Edição revista

Governação do mercado único (A7-0066/2014 - Sergio Gaetano Cofferati)
MPphoto
 
 

  João Ferreira (GUE/NGL), por escrito. - O Parlamento Europeu solicita, neste relatório, à Comissão Europeia que defina o mercado único como terceiro pilar do Semestre Europeu, de modo a reforçar a governação do mercado único. Reitera a importância de a Comissão aceder ao pedido do Parlamento de apresentar uma proposta legislativa com metas definidas, a execução e a fiscalização do cumprimento da transposição de diretivas por parte dos Estados-Membros e a obrigação dos Estados-Membros de elaborarem e apresentarem à Comissão planos de ação nacionais destinados a implementar os objetivos do que consideram ser a melhoria de funcionamento do mercado único. Para além disso, este relatório é um louvor à liberalização. O mercado único só será pleno quando for melhorado e aprofundado o mercado único nos sectores da energia, dos transportes, o mercado digital, na legislação relativa aos contratos públicos e concessões. Isto é liberalizar as áreas essenciais ao desenvolvimento económico e social de um país, conduzindo à debilitação dos países economicamente mais vulneráveis, à destruição da sua capacidade produtiva e ao aumento da sua dependência externa. Obviamente votámos contra.

 
Rättsligt meddelande - Integritetspolicy