Takaisin Europarl-portaaliin

Choisissez la langue de votre document :

  • bg - български
  • es - español
  • cs - čeština
  • da - dansk
  • de - Deutsch
  • et - eesti keel
  • el - ελληνικά
  • en - English
  • fr - français
  • ga - Gaeilge
  • hr - hrvatski
  • it - italiano
  • lv - latviešu valoda
  • lt - lietuvių kalba
  • hu - magyar
  • mt - Malti
  • nl - Nederlands
  • pl - polski
  • pt - português (valittuna)
  • ro - română
  • sk - slovenčina
  • sl - slovenščina
  • fi - suomi
  • sv - svenska
Asiakirjaa ei ole saatavilla kielellänne. Voitte tutustua toiseen kieliversioon, joka on valittavissa esitettyjen kielten joukosta.

 Hakemisto 
 Koko teksti 
Debates
Quarta-feira, 26 de Fevereiro de 2014 - Estrasburgo Edição revista

Promoção do desenvolvimento através de práticas empresariais responsáveis (A7-0132/2014 - Judith Sargentini)
MPphoto
 
 

  Maria do Céu Patrão Neves (PPE), por escrito. - A crescente procura mundial de minerais e de outros recursos naturais como o petróleo, o gás natural e a madeira, embora possam constituir uma oportunidade para o desenvolvimento sustentável, apresentam-se também como um desafio para os países em desenvolvimento na medida em que a elevada competitividade mundial para a obtenção daqueles recursos e matérias-primas e a escassez de alguns recursos renováveis, como a água e a terra, fazem com que sejam igualmente uma fonte de conflitos em todo o mundo. Este contexto problemático é agravado pela degradação ambiental, pelo crescimento populacional e pelas alterações climáticas. Neste sentido, uma incorreta gestão dos recursos pode conduzir a novos conflitos e impedir a resolução pacífica das disputas já existentes. Pelo facto do presente documento alertar para a necessidade de práticas que tornem a mineração num fator de sucesso para o progresso dos países em desenvolvimento, mediante uma melhor gestão de recursos, intervenção responsável das empresas, cumprimento das regras do comércio internacional e do investimento para a industrialização, e ainda através do respeito pelos direitos humanos, votei favoravelmente a presente resolução.

 
Oikeudellinen huomautus - Tietosuojakäytäntö