Návrat na portál Europarl

Choisissez la langue de votre document :

  • bg - български
  • es - español
  • cs - čeština
  • da - dansk
  • de - Deutsch
  • et - eesti keel
  • el - ελληνικά
  • en - English
  • fr - français
  • ga - Gaeilge
  • hr - hrvatski
  • it - italiano
  • lv - latviešu valoda
  • lt - lietuvių kalba
  • hu - magyar
  • mt - Malti
  • nl - Nederlands
  • pl - polski
  • pt - português (vybraté)
  • ro - română
  • sk - slovenčina
  • sl - slovenščina
  • fi - suomi
  • sv - svenska
Tento dokument nie je prístupný vo vašom jazyku. Ponúkame vám ho v inom jazyku, ktorý si môžete zvoliť na lište jazykov.

 Zoznam 
 Úplné znenie 
Debates
Quinta-feira, 3 de Abril de 2014 - Bruxelas Edição revista

Quadro comunitário para a segurança nuclear das instalações nucleares (A7-0252/2014 - Romana Jordan)
MPphoto
 
 

  Maria do Céu Patrão Neves (PPE), por escrito. - A Diretiva que estabelece um quadro comunitário para a segurança nuclear das instalações nucleares entrou em vigor com o objetivo de dar início ao processo da criação de um quadro comum da UE em matéria de segurança nuclear. A presente Diretiva tem como finalidade manter e promover a melhoria contínua em termos da segurança nuclear, devendo, neste contexto, os Estados-Membros estabelecer disposições apropriadas a nível nacional. A Diretiva em causa abarca aspetos que vão das disposições relativas ao estabelecimento de quadros legislativos e regulamentares nacionais no domínio da segurança nuclear das instalações nucleares à organização, aos deveres e às responsabilidades das autoridades reguladoras competentes, aos titulares de licenças, ao ensino e à formação do pessoal, à informação do público, bem como à exigência da separação funcional das autoridades reguladoras competentes de qualquer outro organismo ou organização relacionado com a promoção ou o uso da energia nuclear. Neste contexto, votei favoravelmente o presente instrumento que estabelece ainda a realização de autoavaliações pelos Estados-Membros com uma periodicidade decenal, acompanhadas de uma avaliação pelos pares dos seus segmentos pertinentes, cujos resultados devem ser comunicados aos Estados-Membros e à Comissão Europeia.

 
Právne upozornenie - Politika ochrany súkromia