Voltar ao portal Europarl

Choisissez la langue de votre document :

  • bg - български
  • es - español
  • cs - čeština
  • da - dansk
  • de - Deutsch
  • et - eesti keel
  • el - ελληνικά
  • en - English
  • fr - français
  • ga - Gaeilge
  • hr - hrvatski
  • it - italiano
  • lv - latviešu valoda
  • lt - lietuvių kalba
  • hu - magyar
  • mt - Malti
  • nl - Nederlands
  • pl - polski
  • pt - português (seleccionado)
  • ro - română
  • sk - slovenčina
  • sl - slovenščina
  • fi - suomi
  • sv - svenska
 Index 
 Texto integral 
Debates
Quarta-feira, 16 de Abril de 2014 - Estrasburgo Edição revista

Fundo de Solidariedade da União Europeia (A7-0078/2014 - Rosa Estaràs Ferragut)
MPphoto
 
 

  Maria do Céu Patrão Neves (PPE), por escrito. - O Fundo de Solidariedade da União Europeia foi criado para responder a situações de catástrofe natural e manifestar a solidariedade europeia para com as regiões afetadas na Europa, na sequência das várias inundações ocorridas no centro da Europa no verão de 2002. Este Fundo subvenciona os Estados-Membros e os países candidatos afectados por uma catástrofe natural. A nova proposta legislativa simplifica as normas existentes para que a ajuda seja paga com mais rapidez. Os planos também introduzem a possibilidade de, pela primeira vez, os pagamentos serem antecipados. Estes planos expõem com maior clareza quem e o que será elegível, nomeadamente em matéria de catástrofes regionais. Além disso, a reforma incentiva os Estados-Membros a desenvolverem estratégias de gestão de riscos e prevenção de desastres na sua agenda. Os princípios do Fundo permanecem inalterados, bem como a sua forma de financiamento, que não está incluída no orçamento da UE. Nestes termos, votei favoravelmente o presente relatório.

 
Aviso legal - Política de privacidade