Uz Europarl portālu

Choisissez la langue de votre document :

  • bg - български
  • es - español
  • cs - čeština
  • da - dansk
  • de - Deutsch
  • et - eesti keel
  • el - ελληνικά
  • en - English
  • fr - français
  • ga - Gaeilge
  • hr - hrvatski
  • it - italiano
  • lv - latviešu valoda
  • lt - lietuvių kalba
  • hu - magyar
  • mt - Malti
  • nl - Nederlands
  • pl - polski
  • pt - português (izvēlēts)
  • ro - română
  • sk - slovenčina
  • sl - slovenščina
  • fi - suomi
  • sv - svenska
Šis dokuments nav pieejams Jūsu valodā, tas Jums tiek piedāvāts valodās, kuras pieejamas valodu izvēlnē.

 Indekss 
 Pilns teksts 
Debates
Quarta-feira, 16 de Abril de 2014 - Estrasburgo Edição revista

Estatuto e financiamento dos partidos políticos europeus e das fundações políticas europeias (A7-0140/2013 - Marietta Giannakou)
MPphoto
 
 

  Maria do Céu Patrão Neves (PPE), por escrito. - O desenvolvimento dos partidos políticos europeus é primordial para a mobilização do interesse público nos assuntos da UE. A concepção de um pacote de reformas para os partidos políticos europeus, que mobilize as energias democráticas dos cidadãos individuais e das organizações de cidadãos, não é uma tarefa fácil, sobretudo devido à complexidade sistémica da UE. Porém, esta desvantagem poderá ser convertida numa vantagem se for clarificada a missão constitutiva dos partidos políticos europeus e o modo como um diálogo esclarecido e sério sobre o seu desenvolvimento político pode contribuir para o surgimento de uma democracia plural. Votei favoravelmente o presente relatório em que se estabelece um estatuto jurídico europeu especial e uniforme para os partidos políticos europeus, sobretudo por razões de convergência organizativa dos partidos políticos europeus.

 
Juridisks paziņojums - Privātuma politika