Nazaj na portal Europarl

Choisissez la langue de votre document :

  • bg - български
  • es - español
  • cs - čeština
  • da - dansk
  • de - Deutsch
  • et - eesti keel
  • el - ελληνικά
  • en - English
  • fr - français
  • ga - Gaeilge
  • hr - hrvatski
  • it - italiano
  • lv - latviešu valoda
  • lt - lietuvių kalba
  • hu - magyar
  • mt - Malti
  • nl - Nederlands
  • pl - polski
  • pt - português (izbrano)
  • ro - română
  • sk - slovenčina
  • sl - slovenščina
  • fi - suomi
  • sv - svenska
Ta dokument ni na voljo v vašem jeziku, zato v vrstici z jeziki izberite drugega.

 Kazalo 
 Celotno besedilo 
Debates
Quarta-feira, 16 de Abril de 2014 - Estrasburgo Edição revista

Relações entre o Parlamento Europeu e os parlamentos nacionais (A7-0255/2014 - Carlo Casini)
MPphoto
 
 

  Maria do Céu Patrão Neves (PPE), por escrito. - O presente relatório pretende despertar uma atenção particular para um aspecto fundamental no processo para uma maior integração da UE. Há, de facto, a necessidade de renovar a ligação entre os cidadãos e a Europa: e o que podem fazer as instituições a esse respeito? Entre as instituições europeias também devem ser colocados os parlamentos dos Estados-membros da UE. Na verdade, eles fazem parte de um sistema parlamentar europeu. Podemos até argumentar que eles não são apenas órgãos do seu Estado, mas também da União Europeia. A sua missão consiste, com efeito, em tornar plenamente democrática aquela que pode ser considerada a segunda câmara da UE, isto é, o Conselho, e também «aproximar os cidadãos da Europa». Por concordar com estas asserções, votei favoravelmente o presente relatório que se insere num momento de crise e de desconfiança dos cidadãos em relação à Europa, sendo todos os esforços do Parlamento Europeu úteis para a urgente promoção de uma maior europeização dos PN.

 
Pravno obvestilo - Varstvo osebnih podatkov