Voltar ao portal Europarl

Choisissez la langue de votre document :

  • bg - български
  • es - español
  • cs - čeština
  • da - dansk
  • de - Deutsch
  • et - eesti keel
  • el - ελληνικά
  • en - English
  • fr - français
  • ga - Gaeilge
  • hr - hrvatski
  • it - italiano
  • lv - latviešu valoda
  • lt - lietuvių kalba
  • hu - magyar
  • mt - Malti
  • nl - Nederlands
  • pl - polski
  • pt - português (seleccionado)
  • ro - română
  • sk - slovenčina
  • sl - slovenščina
  • fi - suomi
  • sv - svenska
 Index 
 Texto integral 
Debates
Terça-feira, 8 de Setembro de 2015 - Estrasburgo Edição revista

Investigação e Desenvolvimento na economia azul para criar emprego e crescimento (A8-0214/2015 - João Ferreira)
MPphoto
 
 

  Carlos Coelho (PPE), por escrito. ‒ O conceito de Economia Azul engloba um amplo espectro de sectores de atividade económica ligados aos mares, desde os tradicionais, como a pesca e os transportes, aos emergentes, como o turismo ou a exploração de recursos energéticos.

Considero que o desenvolvimento da Economia Azul deve centrar-se em atividades sustentáveis, podendo impulsionar fortemente o crescimento e o desenvolvimento económicos, bem como a criação de emprego.

Especial relevo para o potencial de exploração dos recursos marinhos para desenvolver recursos sustentáveis de energia renovável, que pode contribuir significativamente para a estratégia da União Europeia em matéria de segurança energética através da redução da dependência dos Estados-Membros.

Apoio a necessidade de se desenvolver um planeamento estratégico das atividades da Economia Azul, modos de financiamento direto e um plano de ação, por forma a dinamizar este sector até 2020.

Deve sempre, todavia, ser tida em conta a recuperação e manutenção dos ecossistemas, da biodiversidade, da resiliência e da produtividade dos mares e oceanos. Associa-se a inovação e as novas tecnologias ao desenvolvimento da Economia Azul, combatendo ao mesmo tempo a degradação dos ecossistemas!

Apoio, assim, o excelente Relatório do colega João Ferreira que concilia na sua maioria um compromisso de todos os grupos políticos.

 
Dados pessoais - Política de privacidade