Voltar ao portal Europarl

Choisissez la langue de votre document :

  • bg - български
  • es - español
  • cs - čeština
  • da - dansk
  • de - Deutsch
  • et - eesti keel
  • el - ελληνικά
  • en - English
  • fr - français
  • ga - Gaeilge
  • hr - hrvatski
  • it - italiano
  • lv - latviešu valoda
  • lt - lietuvių kalba
  • hu - magyar
  • mt - Malti
  • nl - Nederlands
  • pl - polski
  • pt - português (seleccionado)
  • ro - română
  • sk - slovenčina
  • sl - slovenščina
  • fi - suomi
  • sv - svenska
 Index 
 Texto integral 
Debates
Quarta-feira, 12 de Fevereiro de 2020 - Estrasburgo Edição provisória

Prioridades da UE para a 64ª sessão da Comissão das Nações Unidas sobre a Condição da Mulher (debate)
MPphoto
 

  Maria Manuel Leitão Marques (S&D). – Senhor Presidente, a igualdade de género é uma questão de poder e o poder nunca foi dado, foi sempre conquistado. “Serei claro: não se trata de fazer um favor às mulheres. A igualdade de género tem a ver com direitos humanos e é do interesse de todos: homens e mulheres.” Palavras sábias do Secretário—Geral das Nações Unidas. Cito um homem que sempre foi um militante desta causa, não apenas agora na posição que ocupa.

Que prioridades devemos levar às Nações Unidas, vinte cinco anos depois de Pequim?

Em primeiro lugar, a luta pelas mulheres que não têm direitos, que não têm direito a estudar, que não têm direito a casar, que não têm direito à sua vida sexual, que não têm direito à sua vida profissional. Essas são aquelas que estão sempre à frente das nossas prioridades.

Depois, a prioridade da luta contra a violência, também a nova violência, que ocorre através da Internet e que, mais uma vez, afeta sobretudo mulheres e raparigas.

E, depois, as outras desigualdades: aquelas que serão desigualdades no futuro se não as prevenirmos agora, como aquelas que se relacionam com o desequilíbrio das profissões tecnológicas. Creio que temos muito trabalho a fazer. Com o mundo todo, unidos seremos mais fortes.

 
Última actualização: 5 de Março de 2020Dados pessoais - Política de privacidade