Indiċi 
 Preċedenti 
 Li jmiss 
 Test sħiħ 
Proċedura : 2020/2557(RSP)
Ċiklu ta' ħajja waqt sessjoni
Ċiklu relatat mad-dokument : B9-0098/2020

Testi mressqa :

B9-0098/2020

Dibattiti :

Votazzjonijiet :

PV 12/02/2020 - 11.9
CRE 12/02/2020 - 11.9
Spjegazzjoni tal-votazzjoni

Testi adottati :

P9_TA(2020)0033

Dibattiti
XML 10k
L-Erbgħa, 12 ta' Frar 2020 - Strasburgu Edizzjoni riveduta

11.9. Mandat propost għal negozjati għal sħubija ġdida mar-Renju Unit tal-Gran Brittanja u l-Irlanda ta' Fuq (B9-0098/2020) (votazzjoni)
PV
 

– Before the vote on paragraph 50:

 
  
MPphoto
 

  José Gusmão (GUE/NGL). – Senhora Presidente, nós acompanhamos o sentido geral do relatório no que diz respeito à proteção dos direitos dos cidadãos europeus no Reino Unido, mas, como é do conhecimento de certamente todos os deputados, a implementação do que foi acordado com o Reino Unido está a enfrentar um conjunto de problemas na vida quotidiana dos cidadãos europeus que vivem, por vezes há décadas, no Reino Unido em aceder a serviços básicos, celebrar contratos de trabalho ou contratos de arrendamento. E, por isso, elaborámos uma alteração oral que consagra o estatuto automático da regularização da situação desses cidadãos e assegura a entrega de um documento físico que possa comprovar o estatuto de residência desses cidadãos.

A alteração é a seguinte: “apela à atribuição automática de vistos de residência permanentes a todos os cidadãos europeus a viver no Reino Unido, até 31 de janeiro de 2020. Sublinha a necessidade de que estes vistos incluam um documento físico que prove a sua situação de residência.” Estas duas frases seriam acrescentadas ao artigo 50.º da resolução.

 
  
 

(Parliament agreed to put the oral amendment to the vote)

 
Aġġornata l-aħħar: 16 ta' Lulju 2020Avviż legali - Politika tal-privatezza