Processo : 2016/2584(RSP)
Ciclo de vida em sessão
Ciclo relativo ao documento : O-000030/2016

Textos apresentados :

O-000030/2016 (B8-0119/2016)

Debates :

PV 10/03/2016 - 2
CRE 10/03/2016 - 2

Votação :

PV 13/04/2016 - 11.12

Textos aprovados :


Perguntas Parlamentares
PDF 93kWORD 25k
24 de Fevereiro de 2016
O-000030/2016
Pergunta com pedido de resposta oral O-000030/2016
à Comissão
Artigo 128.º do Regimento
Annie Schreijer-Pierik, Matthias Groote, Bolesław G. Piecha, José Inácio Faria, Kateřina Konečná, Martin Häusling, Piernicola Pedicini, Joëlle Mélin, em nome da Comissão do Ambiente, da Saúde Pública e da Segurança Alimentar

 Assunto: Surto do vírus Zika
 Resposta em plenário 

Em 1 de fevereiro de 2016, o Comité de Emergência do Regulamento Sanitário Internacional declarou o surto do Zika como situação de emergência de saúde pública à escala internacional. Segundo os especialistas, existem fortes suspeitas de uma relação casual entre a infeção com o vírus Zika durante a gravidez e a microcefalia, embora tal não esteja ainda comprovado cientificamente, pelo que todas as causas possíveis de microcefalia devem ser investigadas.

1. Qual é o ponto da situação atual do surto desta doença e qual o nível de incidência da microcefalia na UE? Qual o risco de transmissão do vírus Zika na UE?

2. Considerou a Comissão a possibilidade de aconselhar as autoridades de saúde da UE a colaborar com o setor dos transportes com o objetivo de garantir a desinfeção das mercadorias, das transportadoras e das cabinas e compartimentos de passageiros dos aviões provenientes de zonas afetadas?

3. Considera a Comissão que o montante de 10 milhões de euros é proporcional a este importante desafio científico, às complicações neurológicas associadas à doença e ao desenvolvimento de testes de diagnóstico, de vacinas e de tratamento para a mesma? De que forma pode a Comissão Europeia ajudar a prevenir a propagação do vírus nas regiões onde o surto é mais grave? Quais as medidas previstas para impedir que a doença se propague ao território europeu?

4. Alguns países, regiões e municípios na União Europeia contam já com vários anos de experiência em matéria de monitorização, sensibilização, prevenção e combate no caso do mosquito Aedes aegypti. Tenciona a Comissão consultar os governos nacionais desses países a fim de elaborar uma estratégia de combate ao vírus Zika?

Língua original da pergunta: EN
Dados pessoais - Política de privacidade