Pergunta parlamentar - O-000047/2017Pergunta parlamentar
O-000047/2017

    Construção de uma estratégia industrial ambiciosa da UE como prioridade estratégica para o crescimento, o emprego e a inovação na Europa

    Pergunta com pedido de resposta oral O-000047/2017
    à Comissão
    Artigo 128.º do Regimento
    Patrizia Toia, Martina Werner, Dan Nica, Kathleen Van Brempt, em nome do Grupo S&D
    Krišjānis Kariņš, Anne Sander, Jerzy Buzek, Massimiliano Salini, em nome do Grupo PPE

    Processo : 2017/2732(RSP)
    Ciclo de vida em sessão
    Ciclo relativo ao documento :  
    O-000047/2017
    Textos apresentados :
    O-000047/2017 (B8-0319/2017)
    Textos aprovados :

    No início do seu atual mandato, a Comissão sublinhou a necessidade de manter e reforçar uma base industrial forte e de alto desempenho para o mercado interno da UE e de repor a parte da indústria no PIB da UE – atualmente em 16 % – em 20 % até 2020. Nesta base, a Comissão comprometeu-se a responder às preocupações da indústria e a integrar de forma sistemática a competitividade industrial em todas as suas principais iniciativas políticas. A necessidade de uma estratégia clara da UE de apoio à modernização e transformação da indústria foi, por conseguinte, destacada a diversos níveis políticos e institucionais.

    Tendo em conta o que precede:

    1. A Comissão pode indicar que resultados concretos foram alcançados com a integração da competitividade industrial na política da UE?

    2. Tendo em conta o declínio do papel da indústria na economia em geral, por um lado, e os desafios cruciais com que a Europa se vê confrontada, por outro, como tenciona a Comissão reagir? Que medidas tenciona tomar para fazer face aos fatores que afetam a competitividade global da indústria europeia?

    3. Como tenciona a Comissão responder aos apelos no sentido de facultar uma avaliação do impacto da integração da política industrial nas iniciativas estratégicas da UE e apresentar uma estratégia holística em matéria de política industrial da UE, acompanhada de um correspondente plano de ação? Tenciona incluir uma iniciativa no seu programa de trabalho para 2018?

    4. No domínio da política industrial, que outras alterações da governação institucional da UE podem ser efetuadas, de modo a assegurar uma abordagem estratégica muito mais coordenada e uma implementação efetiva da integração da competitividade em todos os domínios de intervenção?

    5. A meta de que a indústria represente 20 % do PIB da UE até 2020 será indubitavelmente muito difícil de alcançar, tendo em conta as tendências económicas de longo prazo. Por conseguinte, para que ela oriente a política industrial da próxima década, pode a Comissão estudar a possibilidade de adaptar esta meta e de a completar juntando-lhe as metas climáticas e energéticas para 2030?