Voltar ao portal Europarl

Choisissez la langue de votre document :

  • bg - български
  • es - español
  • cs - čeština
  • da - dansk
  • de - Deutsch
  • et - eesti keel
  • el - ελληνικά
  • en - English
  • fr - français
  • ga - Gaeilge
  • hr - hrvatski
  • it - italiano
  • lv - latviešu valoda
  • lt - lietuvių kalba
  • hu - magyar
  • mt - Malti
  • nl - Nederlands
  • pl - polski
  • pt - português (seleccionado)
  • ro - română
  • sk - slovenčina
  • sl - slovenščina
  • fi - suomi
  • sv - svenska
Perguntas Parlamentares
PDF 33kWORD 19k
25 de junho de 2020
P-002915/2020(ASW)
Resposta dada por Virginijus Sinkevičius
em nome da Comissão Europeia
Referência da pergunta: P-002915/2020

1. Nas negociações da Organização Mundial do Comércio (OMC), a União Europeia defende de forma ativa e construtiva a posição de proibir subsídios a pescas prejudiciais, em conformidade com a carta de missão da sua Presidente. A UE assumiu um papel de liderança nestas negociações e foi o primeiro membro da OMC a apresentar uma proposta oficial na sequência do estabelecimento do Objetivo de Desenvolvimento Sustentável 14.6. A UE procurará alcançar um acordo ambicioso e abrangente ainda em 2020. A sua posição nestas negociações é plenamente conforme com o Fundo Europeu dos Assuntos Marítimos e das Pescas (FEAMP) e a política comum das pescas.

2. Em várias ocasiões, a Comissão sublinhou que envidará todos os esforços para o efeito, caso as negociações sobre o novo FEAMP resultem na introdução de subsídios considerados prejudiciais.

Última actualização: 26 de Junho de 2020Aviso legal - Política de privacidade