Index 
 Anterior 
 Seguinte 
 Texto integral 
Ata
Quinta-feira, 2 de Abril de 2009 - Bruxelas

4. Consciência europeia e totalitarismo (propostas de resolução apresentadas)

Declarações do Conselho e da Comissão: Consciência europeia e totalitarismo

O debate realizou-se em 25 de Março de 2009 (ponto 10 da Acta de 25.03.2009).

Propostas de resolução apresentadas, nos termos do n.º 2 do artigo 103.º do Regimento, para encerrar o debate:

- Martin Schulz, Hannes Swoboda, Jan Marinus Wiersma, Helmut Kuhne, Miguel Angel Martínez Martínez, Justas Vincas Paleckis e Józef Pinior, em nome do Grupo PSE, sobre a consciência europeia e o totalitarismo (B6-0164/2009),

- Tunne Kelam, Gunnar Hökmark, Jana Hybášková, Bernd Posselt, Charles Tannock, Alejo Vidal-Quadras, Mario Mauro, Struan Stevenson, Bogusław Sonik e József Szájer, em nome do Grupo PPE-DE, sobre a consciência Europeia e o totalitarismo (B6-0165/2009),

- Gisela Kallenbach, László Tőkés e Milan Horáček, em nome do Grupo Verts/ALE, sobre a consciência europeia e o totalitarismo (B6-0169/2009),

- Konrad Szymański, Adam Bielan, Hanna Foltyn-Kubicka, Mirosław Mariusz Piotrowski, Zdzisław Zbigniew Podkański, Wojciech Roszkowski, Inese Vaidere, Ģirts Valdis Kristovskis, Roberts Zīle e Ewa Tomaszewska, em nome do Grupo UEN, sobre a consciência europeia e o totalitarismo (B6-0170/2009),

- Annemie Neyts-Uyttebroeck e István Szent-Iványi, em nome do Grupo ALDE, sobre a consciência europeia e o totalitarismo (B6-0171/2009).

Votação: ponto 9.20 da Acta de 02.04.2009.

Aviso legal - Política de privacidade