Index 
 Anterior 
 Seguinte 
 Texto integral 
Processo : 2010/2602(RSP)
Ciclo de vida em sessão
Ciclos relativos aos documentos :

Textos apresentados :

RC-B7-0188/2010

Debates :

PV 11/03/2010 - 12.2
CRE 11/03/2010 - 12.2

Votação :

PV 11/03/2010 - 13.2

Textos aprovados :

P7_TA(2010)0067

Ata
Quinta-feira, 11 de Março de 2010 - Estrasburgo

13.2. A escalada da violência no México (votação)

Propostas de resolução B7-0188/2010, B7-0189/2010, B7-0190/2010, B7-0192/2010, B7-0195/2010 e B7-0196/2010

(Maioria requerida: simples)
(Pormenores da votação: Anexo "Resultados das votações", ponto 5)

PROPOSTA DE RESOLUÇÃO COMUM RC-B7-0188/2010

(em substituição dos B7-0188/2010, B7-0189/2010, B7-0190/2010, B7-0192/2010 e B7-0196/2010):

apresentada pelos seguintes deputados:

José Ignacio Salafranca Sánchez-Neyra, Santiago Fisas Ayxela, Cristian Dan Preda, Bernd Posselt, Sari Essayah, Eija-Riitta Korhola, Mario Mauro e Monica Luisa Macovei, em nome do Grupo PPE,

Hannes Swoboda, Ramón Jáuregui Atondo e María Muñiz De Urquiza, em nome do Grupo S&D,

Renate Weber, Marielle De Sarnez e Izaskun Bilbao Barandica, em nome do Grupo ALDE,

Raül Romeva i Rueda, Barbara Lochbihler e Ulrike Lunacek, em nome do Grupo Verts/ALE,

Tomasz Piotr Poręba, Zbigniew Ziobro, Edvard Kožušník, Adam Bielan, Michał Tomasz Kamiński, Tadeusz Cymański e Charles Tannock, em nome do Grupo ECR

Aprovada (P7_TA-PROV(2010)0067)

(A proposta de resolução B7-0195/2010 caduca.)

Aviso legal - Política de privacidade