Index 
 Anterior 
 Seguinte 
 Texto integral 
Ata
Terça-feira, 7 de Setembro de 2010 - Estrasburgo

4. Estado da União (debate)
CRE

Declaração da Comissão: Estado da União

O Presidente sublinha a importância deste primeiro debate sobre o estado da União no contexto actual e no âmbito do quadro instituído pelo Tratado de Lisboa. Comunica que, na sequência da reunião da Mesa e de contactos estabelecidos com os Presidentes dos Grupos Políticos, não será efectuado um controlo de presenças no Hemiciclo durante este debate.

José Manuel Barroso (Presidente da Comissão) faz a declaração.

Intervenções de Joseph Daul, em nome do Grupo PPE, Martin Schulz, em nome do Grupo S&D, Guy Verhofstadt, em nome do Grupo ALDE, Daniel Cohn-Bendit, em nome do Grupo Verts/ALE, Michał Tomasz Kamiński, em nome do Grupo ECR, Lothar Bisky, em nome do Grupo GUE/NGL, Nigel Farage, em nome do Grupo EFD, Andreas Mölzer (Não-inscritos), José Manuel Barroso, Joseph Daul, Martin Schulz, Michał Tomasz Kamiński, Lothar Bisky e Nigel Farage.

Intervenção de Olivier Chastel (Presidente em exercício do Conselho).

Intervenções, segundo o procedimento "catch the eye", de Corien Wortmann-Kool, Csaba Sándor Tabajdi, Reinhard Bütikofer, Timothy Kirkhope, Mario Mauro, Catherine Trautmann, Anneli Jäätteenmäki, Eleni Theocharous, Proinsias De Rossa, Charles Goerens, Rui Tavares, Oreste Rossi e Andrew Henry William Brons.

PRESIDÊNCIA: Rodi KRATSA-TSAGAROPOULOU
Vice-Presidente

Intervenções, segundo o procedimento "catch the eye", de Marian-Jean Marinescu, Monika Flašíková Beňová, Glenis Willmott, Ulrike Lunacek, Miloslav Ransdorf, Jaroslav Paška, Mairead McGuinness, Othmar Karas, Izaskun Bilbao Barandica e Malika Benarab-Attou.

Intervenção de José Manuel Barroso.

O debate é dado por encerrado.

(A sessão é suspensa às 11h55, enquanto se aguarda a sessão solene.)

Aviso legal - Política de privacidade