Index 
 Anterior 
 Seguinte 
 Texto integral 
Ata
Terça-feira, 10 de Março de 2015 - Estrasburgo

3. Debates sobre casos de violação dos direitos humanos, da democracia e do primado do direito (comunicação das propostas de resolução apresentadas)

Os deputados ou grupos políticos adiante indicados apresentaram, nos termos do artigo 135.º do Regimento, pedidos de organização do debate referido em epígrafe para as seguintes propostas de resolução:

I.   Recentes ataques e raptos efetuados pelo Daesh no Médio Oriente, nomeadamente de assírios (2015/2599(RSP))

- Bodil Valero, Alyn Smith, Ernest Urtasun, Michèle Rivasi, Michel Reimon, Barbara Lochbihler e Davor Škrlec, em nome do Grupo Verts/ALE, sobre os recentes ataques e raptos efetuados pelo Daesh no Médio Oriente, nomeadamente de assírios (B8-0240/2015);

- Javier Nart, Ivo Vajgl, Ramon Tremosa i Balcells, Ilhan Kyuchyuk, Maite Pagazaurtundúa Ruiz, Urmas Paet, Juan Carlos Girauta Vidal, Hilde Vautmans, Dita Charanzová, Beatriz Becerra Basterrechea, Marietje Schaake, Petras Auštrevičius, Gérard Deprez, Marielle de Sarnez, Ivan Jakovčić, Louis Michel, Jozo Radoš, Robert Rochefort, Pavel Telička, Antanas Guoga, Fredrick Federley e Johannes Cornelis van Baalen, em nome do Grupo ALDE, sobre os recentes ataques e raptos efetuados pelo Daesh no Médio Oriente, nomeadamente de assírios (B8-0253/2015);

-Charles Tannock, Mark Demesmaeker, Ryszard Antoni Legutko, Ryszard Czarnecki, Anna Elżbieta Fotyga, Tomasz Piotr Poręba, Valdemar Tomaševski, Peter van Dalen, Bas Belder, Branislav Škripek, Angel Dzhambazki e Beatrix von Storch, em nome do Grupo ECR, sobre os recentes ataques e raptos efetuados pelo Daesh no Médio Oriente, nomeadamente de assírios (B8-0254/2015);

- Fabio Massimo Castaldo, Ignazio Corrao, Kristina Winberg, Peter Lundgren, Robert Jarosław Iwaszkiewicz, Rolandas Paksas e Valentinas Mazuronis, em nome do Grupo EFDD, sobre os recentes ataques e raptos efetuados pelo Daesh no Médio Oriente, nomeadamente de assírios (B8-0256/2015);

- Cristian Dan Preda, Lars Adaktusson, György Hölvényi, Ramona Nicole Mănescu, Jiří Pospíšil, Giovanni La Via, Eduard Kukan, Bogdan Brunon Wenta, Csaba Sógor, Esther de Lange, Tomáš Zdechovský, Lara Comi, Jaromír Štětina, Pavel Svoboda, József Nagy, Tunne Kelam, Joachim Zeller, Andrey Kovatchev, David McAllister, Andrej Plenković, Ivana Maletić, Therese Comodini Cachia, Mariya Gabriel e Dubravka Šuica, em nome do Grupo PPE, sobre os recentes ataques e raptos efetuados pelo Daesh no Médio Oriente, nomeadamente de assírios (B8-0259/2015);

- Javier Couso Permuy, Younous Omarjee e Sofia Sakorafa, em nome do Grupo GUE/NGL, sobre os recentes ataques e raptos efetuados pelo Daesh no Médio Oriente, nomeadamente de assírios (B8-0262/2015);

- Victor Boştinaru, Richard Howitt, Josef Weidenholzer, Ana Gomes, Nicola Caputo, Demetris Papadakis, Nikos Androulakis, Alessia Maria Mosca, Liisa Jaakonsaari, Tonino Picula, Neena Gill, David Martin, Arne Lietz, Kashetu Kyenge, Elena Valenciano, Michela Giuffrida, Viorica Dăncilă, Victor Negrescu, Sorin Moisă, Andi Cristea, Vilija Blinkevičiūtė, Luigi Morgano, Miroslav Poche, Enrico Gasbarra, Marlene Mizzi, Claudia Tapardel, Zigmantas Balčytis e Doru-Claudian Frunzulică, em nome do Grupo S&D, sobre os recentes ataques e raptos efetuados pelo Daesh no Médio Oriente, nomeadamente de assírios (B8-0264/2015).

II.   A situação no Sudão do Sul, nomeadamente os recentes raptos de crianças (2015/2603(RSP))

- Judith Sargentini, Heidi Hautala, Maria Heubuch, Jordi Sebastià, Michèle Rivasi, Barbara Lochbihler, Bodil Valero, Ernest Urtasun e Davor Škrlec, em nome do Grupo Verts/ALE, sobre a situação no Sudão do Sul, nomeadamente os recentes raptos de crianças (B8-0241/2015);

- Petr Ježek, Ivo Vajgl, Ramon Tremosa i Balcells, Ilhan Kyuchyuk, Maite Pagazaurtundúa Ruiz, Urmas Paet, Nathalie Griesbeck, Juan Carlos Girauta Vidal, Hilde Vautmans, Martina Dlabajová, Beatriz Becerra Basterrechea, Marietje Schaake, Dita Charanzová, Javier Nart, Petras Auštrevičius, Gérard Deprez, Marielle de Sarnez, Ivan Jakovčić, Louis Michel, Jozo Radoš, Robert Rochefort, Pavel Telička, Antanas Guoga, Fredrick Federley e Johannes Cornelis van Baalen, em nome do Grupo ALDE, sobre a situação no Sudão do Sul, nomeadamente os recentes raptos de crianças (B8-0255/2015);

- Charles Tannock, Mark Demesmaeker, Ryszard Antoni Legutko, Ryszard Czarnecki, Tomasz Piotr Poręba, Anna Elżbieta Fotyga, Jan Zahradil, Ruža Tomašić, Branislav Škripek e Jana Žitňanská, em nome do Grupo ECR, sobre a situação no Sudão do Sul, nomeadamente os recentes raptos de crianças (B8-0257/2015);

- Ignazio Corrao, Dario Tamburrano, Fabio Massimo Castaldo, Piernicola Pedicini, Marco Valli, Rolandas Paksas e Valentinas Mazuronis, em nome do Grupo EFDD, sobre a situação no Sudão do Sul, nomeadamente os recentes raptos de crianças (B8-0258/2015);

- Cristian Dan Preda, Teresa Jiménez-Becerril Barrio, Andrey Kovatchev, György Hölvényi, Ramona Nicole Mănescu, Jiří Pospíšil, Giovanni La Via, Eduard Kukan, Maurice Ponga, Monica Macovei, Bogdan Brunon Wenta, Stanislav Polčák, Csaba Sógor, Esther de Lange, Mariya Gabriel, Tomáš Zdechovský, Lara Comi, Jaromír Štětina, József Nagy, Tunne Kelam, Lars Adaktusson, Pavel Svoboda, Joachim Zeller, Andrej Plenković, David McAllister, Ivana Maletić, Therese Comodini Cachia e Dubravka Šuica, em nome do Grupo PPE, sobre a situação no Sudão do Sul, nomeadamente os recentes raptos de crianças (B8-0260/2015);

- Marie-Christine Vergiat, Patrick Le Hyaric, Malin Björk, Gabriele Zimmer, Lidia Senra Rodríguez, Younous Omarjee e Sabine Lösing, em nome do Grupo GUE/NGL, sobre a situação no Sudão do Sul, nomeadamente os recentes raptos de crianças (B8-0263/2015);

- Gianni Pittella, Josef Weidenholzer, Kashetu Kyenge, Juan Fernando López Aguilar, Norbert Neuser, Linda McAvan, Catherine Stihler, Alessia Maria Mosca, David Martin, Marlene Mizzi, Victor Boştinaru, Elena Valenciano, Enrico Gasbarra, José Blanco López, Ana Gomes, Kati Piri, Enrique Guerrero Salom, Tonino Picula, Demetris Papadakis, Nikos Androulakis, Krystyna Łybacka, Nicola Caputo, Miroslav Poche, Seb Dance, Liisa Jaakonsaari, Viorica Dăncilă, Victor Negrescu, Luigi Morgano, Sorin Moisă, Andi Cristea, Vilija Blinkevičiūtė, István Ujhelyi, Neena Gill, Miriam Dalli, Michela Giuffrida, Marc Tarabella, Goffredo Maria Bettini, Doru-Claudian Frunzulică, Arne Lietz e Zigmantas Balčytis, em nome do Grupo S&D, sobre a situação no Sudão do Sul, nomeadamente os recentes raptos de crianças (B8-0266/2015).

III.   A situação na Tanzânia, nomeadamente a questão da apropriação de terras (2015/2604(RSP))

- Maria Heubuch, Heidi Hautala, Judith Sargentini, Jordi Sebastià, Michèle Rivasi, Bodil Valero, Barbara Lochbihler e Ernest Urtasun, em nome do Grupo Verts/ALE, sobre a situação na Tanzânia, nomeadamente a questão da apropriação de terras (B8-0242/2015);

- Catherine Bearder, Ramon Tremosa i Balcells, Hilde Vautmans, Maite Pagazaurtundúa Ruiz, Ivo Vajgl, Martina Dlabajová, Beatriz Becerra Basterrechea, Urmas Paet, Marietje Schaake, Dita Charanzová, Javier Nart, Petras Auštrevičius, Gérard Deprez, Marielle de Sarnez, Ivan Jakovčić, Louis Michel, Jozo Radoš, Robert Rochefort, Pavel Telička, Antanas Guoga, Fredrick Federley e Johannes Cornelis van Baalen, em nome do Grupo ALDE, sobre a situação na Tanzânia, nomeadamente a questão da apropriação de terras (B8-0261/2015);

- Charles Tannock, Mark Demesmaeker, Tomasz Piotr Poręba, Ruža Tomašić e Jana Žitňanská, em nome do Grupo ECR, sobre a situação na Tanzânia, nomeadamente a questão da apropriação de terras (B8-0265/2015);

- Ignazio Corrao, Piernicola Pedicini, Dario Tamburrano, Eleonora Evi, Fabio Massimo Castaldo, Marco Valli, Rolandas Paksas e Valentinas Mazuronis, em nome do Grupo EFDD, sobre a situação na Tanzânia, nomeadamente a questão da apropriação de terras (B8-0267/2015);

- Cristian Dan Preda, Maurice Ponga, Andrey Kovatchev, György Hölvényi, Ramona Nicole Mănescu, Jiří Pospíšil, Giovanni La Via, Bogdan Brunon Wenta, Stanislav Polčák, Csaba Sógor, Tomáš Zdechovský, Lara Comi, Jaromír Štětina, Pavel Svoboda, József Nagy, Tunne Kelam, Lars Adaktusson, Joachim Zeller, Andrej Plenković, David McAllister, Ivana Maletić, Therese Comodini Cachia, Mariya Gabriel e Dubravka Šuica, em nome do Grupo PPE, sobre a situação na Tanzânia, nomeadamente a questão da apropriação de terras (B8-0268/2015);

- Marie-Christine Vergiat, Patrick Le Hyaric, Malin Björk, Lidia Senra Rodríguez e Younous Omarjee, em nome do Grupo GUE/NGL, sobre a situação na Tanzânia, nomeadamente a questão da apropriação de terras (B8-0269/2015):

- Josef Weidenholzer, Nikos Androulakis, Norbert Neuser, Miroslav Poche, Liisa Jaakonsaari, Nicola Caputo, Enrico Gasbarra, Kashetu Kyenge, Krystyna Łybacka, Alessia Maria Mosca, Tonino Picula, Neena Gill, David Martin, Arne Lietz, Marc Tarabella, Goffredo Maria Bettini, Elena Valenciano, Carlos Zorrinho, István Ujhelyi, Michela Giuffrida, Viorica Dăncilă, Victor Negrescu, Sorin Moisă, Andi Cristea, Marlene Mizzi, Vilija Blinkevičiūtė, Lidia Joanna Geringer de Oedenberg e Zigmantas Balčytis, em nome do Grupo S&D, sobre a situação na Tanzânia, nomeadamente a questão da apropriação de terras (B8-0270/2015).

O tempo de uso da palavra será repartido nos termos do artigo 162.º do Regimento.

Dados pessoais - Política de privacidade