Index 
 Anterior 
 Seguinte 
 Texto integral 
Ata
Segunda-feira, 11 de Fevereiro de 2019 - Estrasburgo

3. Declarações da Presidência
CRE

O Presidente profere uma declaração em que anuncia que o estúdio de rádio 1 do Parlamento em Estrasburgo recebeu o nome dos dois jornalistas mortos no ataque terrorista perpetrado em Estrasburgo em dezembro último, Antonio Megalizzi e Bartosz Piotr Orent-Niedzielski. O Presidente saúda igualmente a presença na tribuna oficial das famílias das duas vítimas e confirma o empenho do Parlamento em prol da liberdade de imprensa.

O Presidente evoca em seguida a situação dos jornalistas detidos na Venezuela e solicita em nome do Parlamento a sua libertação.

O Presidente informa o Parlamento da perseguição contra a antiga deputada europeia Feleknas Uca na Turquia e compromete-se a entrar em contacto com as autoridades turcas.

O Presidente profere uma declaração por ocasião do “Giorno del ricordo”, em Itália, em memória das vítimas dos massacres das foibe.

Intervenções de Ivan Jakovčić, Franc Bogovič (o Presidente presta esclarecimentos) e Ruža Tomašić (o Presidente presta esclarecimentos).

Intervenções de Ramón Jáuregui Atondo sobre a situação na Nicarágua (o Presidente responde que entrará em contacto com as autoridades competentes), Steven Woolfe, Gabriel Mato, para se associar às palavras de Ramón Jáuregui Atondo, Jean-Marie Cavada sobre as palavras de Steven Woolfe, Peter van Dalen sobre o caso de Asia Bibi no Paquistão (o Presidente presta esclarecimentos) e Salvatore Cicu.

Última actualização: 2 de Julho de 2019Aviso legal - Política de privacidade