Index 
 Anterior 
 Seguinte 
 Texto integral 
Ata
Segunda-feira, 10 de Fevereiro de 2020 - Estrasburgo

5. Composição do Parlamento

Na sequência da saída do Reino Unido da União Europeia em 31 de janeiro de 2020, em conformidade com o acordo sobre a retirada do Reino Unido da União Europeia, os mandatos dos seguintes deputados eleitos pelo Reino Unido terminaram com efeito a partir de 31 de janeiro de 2020:

Scott Ainslie, Christian Allard, Heather Anderson, Martina Anderson, Catherine Bearder, Phil Bennion, Jane Brophy, David Bull, Jonathan Bullock, Judith Bunting, Ellie Chowns, Richard Corbett, Seb Dance, Martin Edward Daubney, Chris Davies, Belinda de Lucy, Dinesh Dhamija, Diane Dodds, Gina Dowding, Andrew England Kerr, Jill Evans, Nigel Farage, Lance Forman, Claire Fox, Barbara Ann Gibson, Nathan Gill, Neena Gill, James Alexander Glancy, Theresa Griffin, Ben Habib, Daniel Hannan, Lucy Elizabeth Harris, Michael Heaver, Antony Hook, Martin Horwood, John Howarth, Jackie Jones, Christina Sheila Jordan, Jude Kirton-Darling, Naomi Long, John Longworth, Rupert Lowe, Magid Magid, Anthea Mcintyre, Aileen Mcleod, Nosheena Mobarik, Shaffaq Mohammed, Brian Monteith, Claude Moraes, June Alison Mummery, Lucy Nethsingha, Bill Newton Dunn, Henrik Overgaard Nielsen, Rory Palmer, Matthew Patten, Alexandra Lesley Phillips, Alexandra Louise Rosenfield Phillips, Luisa Porritt, Jake Pugh, Annunziata Mary Rees-Mogg, Sheila Ritchie, Catherine Rowett, Robert Rowland, Molly Scott Cato, Louis Stedman-Bryce, John David Edward Tennant, Richard Tice, Geoffrey Van Orden, Caroline Voaden, Irina Von Wiese, Julie Ward, James Wells e Ann Widdecombe.

Em conformidade com a decisão do Conselho Europeu de 28 de junho de 2018 e na sequência da saída do Reino Unido da União Europeia em 31 de janeiro de 2020, as autoridades competentes de 13 Estados-Membros comunicaram a eleição ao Parlamento Europeu dos seguintes deputados com efeito a partir de 1 de fevereiro de 2020:

Dinamarca: Linea Søgaard-Lidell;
Estónia: Riho Terras;
Irlanda: Barry Andrews e Deirdre Clune;
Espanha: Marcos Ros Sempere, Margarita de la Pisa Carrión, Gabriel Mato Adrover, Adrián Vázquez Lázara e Clara Ponsatí i Obiols;
França: Ilana Cicurel, Sandro Gozi, Claude Gruffat, Jean-Lin Lacapelle e Nora Mebarek;
Croácia: Romana Jerković;
Itália: Sergio Antonio Berlato, Salvatore De Meo e Vincenzo Sofo;
Áustria: Thomas Waitz;
Polónia: Dominik Tarczyński;
Roménia: Victor Negrescu;
Eslováquia: Miriam Lexmann;
Finlândia: Alviina Alametsä;
Suécia: Jakop Dalunde.

Nos termos do artigo 3.º, n.º 2, do Regimento, enquanto os seus poderes não tiverem sido verificados ou não tiver havido decisão sobre uma eventual impugnação, estes deputados terão assento no Parlamento e nos respetivos órgãos no pleno gozo dos seus direitos, desde que tenham assinado previamente a declaração de que não exercem qualquer função incompatível com a de deputado ao Parlamento Europeu.

Última actualização: 20 de Maio de 2020Dados pessoais - Política de privacidade