Please fill this field
Pedro MARQUES Pedro MARQUES
Pedro MARQUES

Group of the Progressive Alliance of Socialists and Democrats in the European Parliament

Member

Portugal - Partido Socialista (Portugal)

Date of birth : , Alcochete

Home Pedro MARQUES

Member

ECON
Committee on Economic and Monetary Affairs
REGI
Committee on Regional Development
DMAG
Delegation for relations with the Maghreb countries and the Arab Maghreb Union, including the EU-Morocco, EU-Tunisia and EU-Algeria Joint Parliamentary Committees
D-IN
Delegation for relations with India

Substitute

DMED
Delegation to the Parliamentary Assembly of the Union for the Mediterranean

Most recent activities

Banking Union - annual report 2019 (A9-0026/2020 - Pedro Marques) PT

19-06-2020
Written explanations of vote

. – A aprovação do relatório anual sobre a União Bancária vem reforçar a ideia de partilha de riscos que assegure estabilidade financeira perante crises no setor bancário com repercussões inaceitáveis nas contas públicas dos Estados.
Com a aprovação deste relatório, o Parlamento Europeu demonstra a sua forte determinação para completar a União Bancária através da completa implementação do Seguro Europeu de Garantia de Depósitos, para proteger os depositantes relativamente a disrupções nos bancos, assegurar a confiança dos depositantes e investidores, e reforçar a estabilidade do euro.
Destaco ainda a importância de salvaguardar o bom funcionamento do mercado interno. Nesta área, a UE pode e deve ir mais longe na questão do branqueamento de capitais. Os recentes escândalos relacionados com o branqueamento de capitais em larga escala, envolvendo instituições financeiras na UE, demonstram que a supervisão prudencial e a supervisão no domínio da luta contra o branqueamento de capitais não podem ser tratadas separadamente e que falta um sistema adequado de supervisão e de execução da legislação da UE.
Considero que este relatório está em linha com as prioridades políticas do Parlamento Europeu e, consequentemente, das instituições. A União Europeia precisa, portanto, de ir mais longe e ter mais ambição na implementação de um sistema bancário mais seguro, mais amigo do financiamento das empresas e da criação de emprego.

Tourism and transport in 2020 and beyond (RC-B9-0166/2020, B9-0166/2020, B9-0175/2020, B9-0177/2020, B9-0178/2020, B9-0180/2020, B9-0182/2020, B9-0184/2020) PT

19-06-2020
Written explanations of vote

O mundo mudou. Enquanto a crise pandémica não passa, os setores dos transportes e do turismo tentam reinventar-se em prol da sua própria sobrevivência.
A economia europeia passou por momentos duros nos últimos meses, e o setor do turismo não foi exceção. Foi um dos mais devastados pela COVID-19 e, por isso mesmo, é urgente delinear um plano estratégico e sustentável para o setor do turismo na Europa.
Num momento em que os cidadãos anseiam por um regresso à normalidade possível, importa adotar medidas para garantir a confiança e retoma segura das viagens e deslocações para a Europa e dentro da Europa.
Esta resolução apresenta um conjunto de medidas apropriadas que devem ser tomadas para reduzir o risco de contágio, mas também medidas destinadas a incentivar a mobilidade e a proteção dos direitos dos trabalhadores sazonais e dos trabalhadores em situações vulneráveis. Insta, igualmente, a Comissão a disponibilizar apoio financeiro para empresas e PME mais afetadas pelo coronavírus.
Esta crise atual veio reforçar a importância de investir em formas de turismo sustentável, que respeitem o ambiente e o património cultural de forma a garantir a sobrevivência e competitividade do setor a longo prazo.
Por tudo isto, mereceu o meu voto favorável.

The Anti-racism protests following the death of George Floyd (B9-0194/2020, B9-0195/2020, B9-0196/2020, B9-0197/2020) PT

19-06-2020
Written explanations of vote

Há imagens que falam por si e a imagem de um polícia americano a sufocar George Floyd, no dia 25 de maio, foi o suficiente para incendiar, mais uma vez, a sociedade norte-americana.
Os protestos nos EUA contra a morte de George Floyd que se seguiram pareciam estar a milhas de distância da nossa realidade. Mas não. A revolta antirracismo também irrompeu na Europa. Este despertar de solidariedade nascido após o assassinato de George Floyd expandiu-se além-atlântico e surtiu efeitos em vários países europeus.
Reportando-se à União Europeia, manifestantes em massa saíram à rua para exigir o fim do racismo estrutural na Europa. O “I can’t breath” de George Floyd transformou-se num grito de revolta generalizado contra o racismo estrutural não assumido, que perpetua desigualdades e segregação étnico-racial.
As instituições da UE não só podem como devem ir mais longe nas suas recomendações, implementando medidas concretas para combater o racismo sistémico, a discriminação e a sub-representação de grupos minoritários raciais e étnicos nas suas estruturas. Este é o momento. Os dias do racismo estrutural estão a chegar ao fim. O tempo do silêncio acabou.
Esta resolução não podia deixar de merecer o meu voto favorável.

Pedro MARQUES
Pedro MARQUES

On EP NEWSHUB

#TaxJustice @paultang https://t.co/PIaedILLnw  📰👇@FinancialTimes

Entrevista ao @ojeconomico https://t.co/mqkLeWRZ7J 

The #TaxJustice Team @paultang @jonasfernandez @itinagli @AuroreLalucq @profMarekBelka @TheProgressives https://t.co/jvlWqKdWer 

Contact

Bruxelles

Strasbourg