Please fill this field
Francisco GUERREIRO Francisco GUERREIRO
Francisco GUERREIRO

Groupe des Verts/Alliance libre européenne

Membre

Portugal - Independente (Portugal)

Date de naissance : , Santiago do Cacém

Accueil Francisco GUERREIRO

Vice-président

AGRI
Commission de l'agriculture et du développement rural

Membre

BUDG
Commission des budgets
PECH
Commission de la pêche
D-JP
Délégation pour les relations avec le Japon

Membre suppléant

ANIT
Commission d’enquête sur la protection des animaux pendant le transport
DKOR
Délégation pour les relations avec la Péninsule coréenne

Dernières activités

Système mondial de collecte des données relatives à la consommation de fuel-oil des navires (A9-0144/2020 - Jutta Paulus) PT

16-09-2020
Explications de vote écrites

Votei a favor deste relatório porque precisamos urgentemente de medidas obrigatórias para reduzir as emissões de gases com efeito de estufa (GEE) provenientes dos transportes marítimos.
O sector do transporte marítimo europeu é responsável por perto de um quinto das emissões globais dos transportes marítimos, e representou cerca de 13% das emissões globais da UE no sector dos transportes, em 2015. A desenvolvimento de navios cujas emissões sejam baixas ou nulas traria benefícios importantes para a saúde e o ambiente. No entanto, este sector continua a ser o único a não ser expressamente abrangido por qualquer política de redução de emissões na UE.
Este relatório contém propostas muito positivas, nomeadamente: a redução linear obrigatória de pelo menos - 40% de emissões de GEE por operação de transporte até 2030, o alargamento do Comércio Europeu de Licenças de Emissão (CELE) da UE ao transporte marítimo a partir de 2022, a criação de um “Fundo Oceânico” para melhorar a eficiência energética dos navios e apoiar investimentos para descarbonizar o transporte marítimo, a ser financiado a partir das receitas geradas pelo CELE. 20% das receitas do Fundo devem também ser utilizadas para proteger e restaurar os ecossistemas marinhos.

Proposition de décision du Conseil relative au système des ressources propres de l'Union européenne (A9-0146/2020 - José Manuel Fernandes, Valerie Hayer) PT

16-09-2020
Explications de vote écrites

Votei favoravelmente este relatório porque espelha completamente a visão dos Verdes Europeus sobre os Recursos Próprios do Orçamento Europeu.
O orçamento da UE tem de ser maior, mais verde e melhor adaptado aos desafios actuais. É muito difícil conseguir que os Estados-Membros aumentem as suas contribuições tradicionais pelo que um sistema de RP mais robusto, que taxe industrias poluentes, transações financeiras e grandes empresas digitais, será uma solução que permitirá fortalecer o Orçamento da UE.

Contact

Bruxelles

Strasbourg