Please fill this field
Lídia PEREIRA Lídia PEREIRA
Lídia PEREIRA

Eiropas Tautas partijas (Kristīgie demokrāti) grupa

Locekle

Portugāle - Partido Social Democrata (Portugāle)

Dzimšanas gads : , Se Nova

Sākums Lídia PEREIRA

Locekle

ECON
Ekonomikas un monetārā komiteja
D-CN
Delegācija attiecībām ar Ķīnas Tautas Republiku

Aizstājēja

ENVI
Vides, sabiedrības veselības un pārtikas nekaitīguma komiteja
D-US
Delegācija attiecībām ar Amerikas Savienotajām Valstīm

Deputāta darbība pēdējā laikā

2019. gada ziņojums par banku savienību (A9-0026/2020 - Pedro Marques) PT

19-06-2020
Rakstiski balsojumu skaidrojumi

A União Económica e Monetária é uma realidade incompleta sem uma plena União Bancária. Precisamos de completar a União Bancária para valorizar o euro, reforçar o papel internacional da moeda única e promover o crescimento económico, através de investimento cada vez mais responsável do ponto de vista social e ambiental.
Acompanho o entendimento de que uma União Bancária completa exige, igualmente, uma verdadeira União dos Mercados de Capitais. A afirmação simultânea destas duas dimensões é fundamental para a promoção do investimento privado, para a transição digital e ambiental dos agentes económicos e para a garantia de um mercado mais dinâmico e competitivo.
Em matéria de supervisão, destaco as preocupações com a necessidade de uma maior comunicação e cooperação entre autoridades para fazer face aos novos desafios, sobretudo os que se relacionam com as tecnologias financeiras. Destaco, em particular, a dimensão do combate ao branqueamento de capitais e a necessidade de tratar esta temática em paralelo com as questões de supervisão prudencial.
Em matéria de resolução, concordo com a necessidade de maior harmonização das regras. Destaco a particular relevância de aprovar um Sistema Europeu de Seguro de Depósitos, como terceiro pilar da União Bancária.

Administratīvā sadarbība nodokļu jomā: dažu termiņu atlikšana Covid-19 pandēmijas dēļ (C9-0134/2020) PT

19-06-2020
Rakstiski balsojumu skaidrojumi

As Diretivas de Cooperação Administrativa (DAC) são importantes instrumentos de promoção do trabalho conjunto das autoridades fiscais dos Estados-Membros e de afirmação de obrigações importantes dos agentes económicos e das empresas. Os objetivos das DAC e, em particular, da DAC6 são cumpridos de forma bem sucedida, na medida da eficiência da troca e informação entre administrações e operadores. As obrigações estatuídas por estas diretivas são importantes instrumentos para o combate a práticas de fraude, evasão e elisão fiscais, bem como outro tipo de criminalidade financeira. Contribuem para sistemas fiscais mais preparados para a identificação da matéria tributável e para a liquidação dos impostos devidos. Espero que a aplicação plena das regras, à medida que entram em vigor, contribuam para o reforço deste esforço conjunto dos Estados-Membros. Aliás, a crise económica que enfrentamos determina que utilizemos todos os instrumentos ao nosso dispor para garantir a tributação justa e equitativa que ajude as finanças públicas.
Estas alterações pontuais, concretas e transitórias nos prazos de aplicação de algumas regras da DAC visa retirar um elevado nível de pressão sobre administrações fiscais e empresas, de forma a enfrentarem, de forma mais focada, a crise pandémica. Espero que a normalidade regresse logo após o surto.

Lídia PEREIRA
Lídia PEREIRA

Vietnē “EP Newshub”

RT @EU2020DE: The EU ministers of the environment have an exchange via video conference today and tomorrow. Check out the agenda. 👇 https://t.co/C2K7GyoU6W 

O relatório do relatório que entretanto sumiu. E no meio disto onde fica a responsabilidade política? https://t.co/f8U3nbzZJN 

There is always other way. @trzaskowski_ proved so. Great campaign, great mobilization, great message: "New solidarity". The youth turnout was very clear. @MlodziDemokraci, congratulations for your effort, commitment and dedication during these last weeks! @YouthEPP @EPP https://t.co/0lqoU5p2WI 

Kontakti

Bruxelles

Strasbourg