Please fill this field
Carlos ZORRINHO Carlos ZORRINHO
Carlos ZORRINHO

Fractie van de Progressieve Alliantie van Socialisten en Democraten in het Europees Parlement

Lid

Portugal - Partido Socialista (Portugal)

Geboortedatum : , Obidos

Schriftelijke stemverklaringen Carlos ZORRINHO

Ieder lid kan een schriftelijke verklaring over zijn stem in de plenaire vergadering indienen. Artikel 194 van het Reglement

Nieuwe algemene begroting van de Europese Unie voor het begrotingsjaar 2021 (A9-0267/2020 - Pierre Larrouturou, Olivier Chastel) PT

18-12-2020

. – Após um entendimento comum celebrado entre o Parlamento Europeu e o Conselho, a UE tem agora um exercício orçamental para 2021, reforçado com o empenho dos S&D em alguns domínios prioritários. Votei favoravelmente este documento que vê acrescido alguns programas relativos ao clima, emprego, direitos fundamentais, igualdade de género, infraestruturas e ajuda humanitária. O Mecanismo Interligar a Europa - Transportes, LIFE, Europa Digital e Direitos e Valores são alguns dos programas complementados neste orçamento. Congratulo-me pelas declarações comuns emanadas dos elementos de conclusões, nomeadamente sobre a luta contra pobreza infantil no âmbito do Fundo Social Europeu + e sobre a resposta ao impacto da crise da COVID-19 nos setores, como o turismo e as PME, e nas pessoas mais afetadas pela crise.

Europees burgerinitiatief - "Minority SafePack" (B9-0403/2020, B9-0405/2020) PT

17-12-2020

Votei favoravelmente esta iniciativa de cidadania europeia porque considero que este instrumento deve ser valorizado na medida em que estabelece uma ligação direta entre os cidadãos europeus e as instituições da UE e porque considero que a diversidade linguística é uma componente valiosa da riqueza cultural da Europa que deve ser protegida e o respeito pelos direitos das pessoas pertencentes às minorias e sua língua deve ser apoiado. A Educação e cultura podem e devem desempenhar um papel fundamental na promoção de identidades dos cidadãos europeus.

Een sterk sociaal Europa voor rechtvaardige transities (A9-0233/2020 - Dennis Radtke, Agnes Jongerius) PT

17-12-2020

Os efeitos da crise economia e social causados pela COVID-19 ameaçam desencadear uma emergência social que necessita de políticas públicas fortes de combate às desigualdades e pobreza, não deixando ninguém para trás.
Votei favoravelmente este relatório porque releva a importância do investimento social das pessoas no processo de recuperação da Europa. O futuro da UE dependerá do progresso na construção de uma Europa Social forte, com apoio adequado à educação, à assistência social e às infraestruturas de cuidados de saúde, a fim de garantir a justiça social, a coesão social e a prosperidade para todos. Exige-se ambição no caminho da justiça social, do trabalho decente, da igualdade de oportunidades, da mobilidade justa e dos robustos sistemas de bem-estar social. A agenda social europeia deve passar à implementação efetiva do Pilar Europeu dos Direitos Sociais, sendo necessário metas vinculativas com foco na recuperação inclusiva e socialmente justa.
O progresso social deve ser considerado uma prioridade de investimento nos programas de Recuperação e Resiliência, juntamente com as transições verdes e digitais, a fim de proteger as pessoas vulneráveis contra o impacto negativo da crise atual.

Duurzame corporate governance (A9-0240/2020 - Pascal Durand) PT

17-12-2020

Votei a favor desta iniciativa porque considero que a governação sustentável das empresas constitui um pilar importante, que permite à UE reforçar as condições de concorrência equitativa, a fim de manter e promover a competitividade internacional das empresas europeias e proteger os trabalhadores e as empresas da UE contra a concorrência desleal de países terceiros, e pode, por conseguinte, ser benéfica para a política comercial e de investimento da UE, se for adequadamente ajustada e proporcionada.
A governação sustentável das empresas é fundamental para a orientação a longo prazo das empresas de forma a harmonizarem as suas atividades com os objetivos ambientais globais da UE, tal como definidos no Pacto Ecológico Europeu, e com o compromisso da UE de reduzir as suas emissões de gases com efeito de estufa na perspetiva da consecução da meta de neutralidade climática até 2050.
Relevo nesta iniciativa, o apelo à adoção de normas da UE adaptadas às capacidades das PME, com a introducao de mecanismos específicos que garantam a sua aplicação. A Comissão deverá comprometer-se a desenvolver essas normas aquando da próxima revisão da Diretiva IFN (Diretiva Divulgação de Informações Não Financeiras).

Bepaalde aspecten van spoorwegveiligheid en spoorverbindingen met betrekking tot de Kanaaltunnel (C9-0379/2020) PT

17-12-2020

Votei favoravelmente este texto a fim de garantir medidas temporárias para regular o transporte rodoviário de mercadorias, bem como a prestação de serviços de transporte de passageiros entre a UE e o Reino Unido que entrarão em vigor após o termo do período de transição, caso não seja possível chegar a acordo sobre a Saída do Reino Unido da Grã-Bretanha e da Irlanda do Norte.

EU-strategie voor aanpassing aan de klimaatverandering (B9-0422/2020) PT

17-12-2020

Aprovei esta resolução que enfatiza a necessidade de a CE apresentar, sem demora, uma nova estratégia de adaptação às alterações climáticas ambiciosa e que a integre no Pacto Ecológico Europeu. A construção de uma UE resiliente passa inevitavelmente pela criação e manutenção de sistemas capazes de se adaptarem e responderem a um clima em rápida mutação, impulsionando o desenvolvimento económico, salvaguardando a qualidade de vida e a saúde pública, zelando pela segurança alimentar e da água, respeitando e protegendo a biodiversidade, evoluindo para fontes de energias limpas e garantindo a justiça social e climática. E fundamental uma estratégia de adaptação sólida da UE para preparar as regiões e os setores vulneráveis e que os esforços coletivos internacionais, nomeadamente em matéria de desenvolvimento sustentável, biodiversidade e redução do risco de catástrofes, devam ser integrados de forma mais adequada nesta nova estratégia. Os esforços devem ser direcionados para uma política de mitigação ambiciosa de combate às alterações climáticas que seja compatível com o objetivo de mitigação do Acordo de Paris que dificilmente será cumprido com os atuais compromissos de redução das emissões.
Com esta nova estratégia a UE tem a oportunidade de mostrar a liderança mundial no reforço da resiliência climática mundial.

Verordening van de Raad tot bepaling van het meerjarig financieel kader voor de jaren 2021-2027 (A9-0260/2020 - Jan Olbrycht, Margarida Marques) PT

16-12-2020

O Parlamento europeu deu o seu consentimento ao pacote financeiro para os próximos sete anos, que permitirá a recuperação, com dimensão solidária da União Europeia, face ao impacto da pandemia. Votei favoravelmente este importante documento que o PE conseguiu melhorar substantivamente no período negocial. E um sinal de vitalidade do projeto europeu. Saliento nesse acordo, o volume global de 1,8 biliões de euros afetos aos diversos programas, os 16 mil milhões de euros com que o Parlamento conseguiu reforçar em programas emblemáticos na última ronda negocial, a inclusão de um plano formal e obrigatório para a introdução dos recursos próprios como ferramenta chave do modelo solidário de financiamento, o estabelecimento de metas transversais ambiciosas de afetação de verbas às políticas do clima e da biodiversidade, o reforço da capacidade de monitorização e de ação como autoridade orçamental por parte do Parlamento Europeu e a adoção de um mecanismo de garantia do Estado de Direito. É fundamental agora um rápido e eficaz processo de implementação, que permita através da transição energética, da transição digital e da modernização da economia, combater as desigualdades, criar riqueza e emprego e posicionar a União Europeia como uma referência positiva no novo quadro geopolítico global.

Interinstitutioneel Akkoord betreffende begrotingsdiscipline, samenwerking in begrotingszaken en goed financieel beheer, alsmede betreffende nieuwe eigen middelen, met inbegrip van een routekaart voor de invoering van nieuwe eigen middelen (A9-0261/2020 - Esteban González Pons) PT

16-12-2020

Dei a concordância a este acordo interinstitucional que estabelece disposições para a execução do próximo quadro financeiro plurianual, em que foram aceites e incorporados vários pedidos importantes do Parlamento. Destaco um roteiro para a introdução de novos recursos próprios; a plena transparência e visibilidade de todos os fundos ao abrigo do NGEU; a monitorização das despesas relativas aos objetivos em matéria de clima e biodiversidade, à igualdade de género e integração da perspetiva de género e aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas; instrumentos de flexibilidade reforçados para dar resposta a necessidades imprevistas; a cooperação e o diálogo entre as instituições para facilitar a adoção de um novo QFP ou a sua revisão, em conformidade com a Lei.
Saúdo fortemente o papel e a responsabilidade do Parlamento na aprovação do acordo orçamental europeu para os próximos anos. Com o empenho de todos conseguimos, a partir de 1 de janeiro de 2021, colocar à disposição o apoio financeiro que os cidadãos e as empresas precisam para enfrentar a crise motivada pela COVID-19.

Een nieuwe strategie voor Europese kmo's (A9-0237/2020 - Paolo Borchia) PT

16-12-2020

Votei a favor deste relatório de iniciativa, que destaca as condições essenciais para que as PME possam prosperar e sejam estruturantes na nova estratégia industrial europeia. A União Europeia já precisava de modernizar a sua Estratégia Industrial antes da pandemia. O choque pandémico, relativamente simétrico no plano sanitário, mas muito assimétrico no plano económico e social tornou essa modernização muito urgente.
As PME devem ser capacitadas para poderem tirar o máximo proveito dos fundos europeus e nacionais, melhorando a sua produtividade, garantindo melhores condições de trabalho e atraindo talento e conhecimento, contribuindo assim para o desenvolvimento das comunidades em que se inserem e para a redução das desigualdades. O acesso mais fácil e simplificado ao financiamento, ao investimento e ao capital de risco e o apoio à qualificação dos trabalhadores e à modernização de processos e tecnologias são ferramentas necessárias e indispensáveis à sua capacitação.

MFK, conditionaliteit met betrekking tot de rechtsstaat, en eigen middelen (B9-0428/2020, B9-0429/2020) PT

16-12-2020

Votei favoravelmente esta resolução de congratulação pelos acordos políticos históricos alcançados pelos colegisladores, incluindo as declarações conjuntas e unilaterais, sobre o QFP, o Regulamento relativo ao Estado de Direito e o AII. Os europeus têm agora à disposição um pacote financeiro sem precedentes e com potencial para assegurar uma recuperação rápida da pandemia de COVID-19 e dos seus efeitos socioeconómicos e responder aos desafios da União para os próximos sete anos, incluindo o Pacto Ecológico, a transição digital e a proteção dos seus valores e do dinheiro dos contribuintes da UE.

Contact

Bruxelles

Strasbourg