Carlos ZORRINHO Carlos ZORRINHO
Carlos ZORRINHO

Grupo da Aliança Progressista dos Socialistas e Democratas no Parlamento Europeu

Membro

Portugal - Partido Socialista (Portugal)

Data de nascimento : , Obidos

Página inicial Carlos ZORRINHO

Presidente

DACP
Delegação à Assembleia Parlamentar Paritária ACP-UE

Membro

CPDE
Conferência dos Presidentes das Delegações
ITRE
Comissão da Indústria, da Investigação e da Energia

Membro suplente

DEVE
Comissão do Desenvolvimento
DMAS
Delegação para as Relações com os Países do Maxereque

Últimas atividades

Combustíveis sustentáveis para a aviação (iniciativa ReFuelEU Aviation) (A9-0199/2022 - Søren Gade)

07-07-2022
Declarações de voto escritas

Votei a favor deste relatório, que faz parte do Pacote “Objetivo 55”, porque adota medidas concretas para reduzir as emissões de gases com efeito de estufa no setor da aviação, dando resposta às ambições da UE em matéria de cumprimento do objetivo da Lei Europeia do Clima, de fazer da Europa o primeiro continente neutro em carbono até 2050. A iniciativa "ReFuelEU Aviation" visa aumentar a utilização de combustíveis sustentáveis pelos operadores de aeronaves e pelos aeroportos da UE e lança a criação de um Fundo de Aviação Sustentável para ajudar a acelerar a descarbonização do setor e apoiar o investimento em combustíveis de aviação sustentáveis, tecnologias inovadoras de propulsão de aeronaves e pesquisa para novos motores.

Acordo Pós-Cotonu (debate)

06-07-2022 P9_CRE-PROV(2022)07-06(3-348-0000)
Contributos para os debates em sessão plenária

Objeção nos termos do artigo 111.º, n.º 3, do Regimento: Alteração do Ato Delegado relativo à dimensão climática da Taxonomia e do Ato Delegado relativo às revelações em matéria de Taxonomia (B9-0338/2022)

06-07-2022
Declarações de voto escritas

Votei a favor deste texto desde logo porque discordo da forma legislativa escolhida para se proceder a uma alteração tão determinante como incluir o gás e a energia nuclear na classificação de energias sustentáveis da taxonomia. Uma decisão como esta, no contexto em que é tomada, deveria ser debatida previamente na sociedade europeia, e em particular no Parlamento Europeu.
O gás natural é importante para a transição energética. A diversificação do abastecimento é uma prioridade imediata. Mas a diversificação como resposta ao contexto de guerra tem de ser combinada com a autonomia que só as energias renováveis, e designadamente o hidrogénio verde, podem assegurar. Essa articulação é fundamental, sob pena de uma parte substantiva do investimento classificado como sustentável ser canalizado para as energias fósseis de transição e não para as energias verdes de solução, fragmentando o mercado.
Também o nuclear não deve ser tabu, mas os modelos de exploração e distribuição no território devem ser debatidos antes de se poder considerar o nuclear uma solução sustentável para a transição energética.

Contacto

Bruxelles

Parlement européen
Bât. ALTIERO SPINELLI
13G146
60, rue Wiertz / Wiertzstraat 60
B-1047 Bruxelles/Brussel
Strasbourg

Parlement européen
Bât. LOUISE WEISS
T07089
1, avenue du Président Robert Schuman
CS 91024
F-67070 Strasbourg Cedex