Please fill this field
Marisa MATIAS Marisa MATIAS
Marisa MATIAS

Grupo da Esquerda Unitária Europeia/Esquerda Nórdica Verde

Vice-Presidente

Portugal - Bloco de Esquerda (Portugal)

Data de nascimento : , Coimbra

Página inicial Marisa MATIAS

Membro

ITRE
Comissão da Indústria, da Investigação e da Energia
DROI
Subcomissão dos Direitos do Homem
ANIT
Comissão de Inquérito sobre a Proteção dos Animais durante o Transporte
DPAL
Delegação para as Relações com a Palestina
DMAS
Delegação para as Relações com os Países do Maxereque
DMED
Delegação à Assembleia Parlamentar da União para o Mediterrâneo

Membro suplente

AFET
Comissão dos Assuntos Externos

Últimas atividades

Iniciativa de cidadania europeia: medidas temporárias respeitantes aos prazos para os períodos de recolha, verificação e exame tendo em conta o surto de COVID-19 (C9-0142/2020 - Loránt Vincze)

09-07-2020
Declarações de voto escritas

A Iniciativa de Cidadania Europeia (ICE) permite que, segundo determinados critérios, os cidadãos da União Europeia possam solicitar propostas de legislação à CE. Durante a actual crise pandémica, em virtude das diversas medidas de confinamento, as actividades inerentes às ICE foram bastante restringidas. Na maioria dos casos, as recolhas de assinaturas necessárias para as formalizar são efectuadas presencialmente e em formato de papel. Tendo em conta as orientações sanitárias de distanciamento físico que têm persistido, os organizadores/promotores das ICE manifestaram preocupações sobre o risco de estas serem desconsideradas ao não se conseguir cumprir os prazos previstos ou até serem inviabilizadas as hipóteses de novas ICE. O presente relatório propõe medidas de prorrogação dos prazos de recolha, verificação e exame das ICE. Tais medidas deverão ser transparentes na sua implementação e aplicáveis até finais de 2022. Votámos a favor.

Alteração das Diretivas (UE) 2017/2455 e (UE) 2019/1995 no que diz respeito às datas de transposição e de aplicação devido à crise provocada pela pandemia de COVID-19 (A9-0122/2020 - Ondřej Kovařík)

09-07-2020
Declarações de voto escritas

A regulação sobre o IVA das operações de e-commerce (comércio onlin e) foi elaborada para permitir a tributação destas operações no Estado-Membro do consumidor que adquire o bem ou serviço onlin e, de acordo com o princípio da tributação no país de destino.
Este relatório diz respeito ao adiamento da entrada em vigor da regulação, devido ao impacto da pandemia. A Comissão Europeia começou por propor um adiamento de 6 meses. No entanto, a posição do Parlamento é mais rígida, defendendo que, idealmente, não deve ser adiada a entrada em vigor da legislação, e que, a haver adiamento, este deve ser de apenas 3 meses.
Consideramos que este adiamento serve apenas os interesses do setor empresarial e prejudica a coleta de receita fiscal, ainda mais importante no atual contexto.
Assim, votámos contra a proposta da Comissão.

Proteção dos interesses financeiros da União Europeia - luta contra a fraude - relatório anual de 2018 (A9-0103/2020 - Joachim Kuhs)

09-07-2020
Declarações de voto escritas

Este é um relatório de iniciativa que se destina a avaliar o panorama geral no que diz respeito à proteção dos interesses financeiros das União Europeia, com especial destaque para o combate à fraude.
O relatório deste ano contém alguns aspetos positivos, tal como a ênfase na importância do combate ao crime organizado, bem como a definição de uma Estratégia Antifraude em cada Estado-Membro. Além disso, sublinha a importância de uma estratégia europeia para travar as «portas giratórias» na UE.
Contudo, sobressaem no texto alguns aspetos negativos. Por um lado, defende-se que os Estados-Membros que não definirem Estratégias Antifraude sejam excluídos do acesso a fundos europeus como os da coesão e da agricultura, o que prejudica, acima de tudo, as populações desses países e penaliza os grupos sociais mais vulneráveis. Além disso, defende que a Comissão deve ter poderes reforçados para efetuar «controlos aleatórios in loco » nos Estados-Membros que não reportarem casos de fraude, uma medida manifestamente intrusiva e irrazoável.
Por estes motivos, abstivemo-nos.

Contacto

Bruxelles

Strasbourg