Pedro MARQUES Pedro MARQUES
Pedro MARQUES

Grupul Alianței Progresiste a Socialiștilor si Democraților din Parlamentul European

Membru

Portugalia - Partido Socialista (Portugalia)

Data nașterii : , Alcochete

Prima pagină Pedro MARQUES

Membru

ECON
Comisia pentru afaceri economice și monetare
REGI
Comisia pentru dezvoltare regională
FISC
Subcomisia pentru chestiuni fiscale
DMAG
Delegația pentru relațiile cu țările din Maghreb și Uniunea Maghrebului Arab, inclusiv comisiile parlamentare mixte UE-Maroc, UE-Tunisia și UE-Algeria
D-IN
Delegația pentru relațiile cu India

Membru supleant

DMED
Delegația la Adunarea Parlamentară a Uniunii pentru Mediterana

Activități recente

Situația umanitară și politică în Yemen (B9-0119/2021) PT

11-02-2021
Explicații scrise ale votului

Num dos países mais pobres do mundo árabe, há um conflito armado que persiste desde 2015 e que em 2020 viu os combates tornaram-se ainda mais intensos. A situação humanitária é dramática: graves violações dos direitos humanos, nomeadamente detenções arbitrárias, violência sexual, tortura e outras formas de tratamento cruel, desumano ou degradante.
Todas as partes envolvidas são responsáveis por crimes de guerra e violações graves ao Direito Internacional. A solução para o conflito tem de ser política, não militar e a crise só pode ser resolvida de forma sustentável através de um processo de negociação liderado pelo Iémen. Contudo, falta a pressão internacional para uma solução em que todas as partes envolvidas cheguem a acordo sem mais delongas. O povo do Iémen tem o direito de voltar a viver num país pacífico, baseado nos valores da democracia, liberdade, justiça social e dignidade humana. Por isso, não podia deixar de votar a favor.

Situația din Myanmar/Birmania (B9-0116/2021) PT

11-02-2021
Explicații scrise ale votului

Votei a favor desta resolução porque condeno veemente o golpe militar de 1 de fevereiro de 2021, executado pelas Tatmadaw, sob a liderança do general Min Aung Hlaing.
É urgente a libertação de todos aqueles que foram presos ilegalmente e o poder deve ser devolvido às autoridades civis eleitas.
A mensagem política deste Parlamento expressa nesta resolução é clara. Um processo de democratização não é compatível com a repressão militar. A UE deve usar a sua influência para persuadir os militares a abandonar o poder e a respeitar a vontade expressa pelo povo nas recentes eleições democráticas.
Esta resolução insta a comunidade internacional a não reconhecer a liderança militar de Mianmar, ao mesmo tempo, que faz um apelo à urgente necessidade de retomar a transição democrática no país. Por último, mas não menos importante, devemos pressionar Mianmar a respeitar os direitos dos Rohingyas para que possam conviver em paz com a restante população do país, construindo, assim, um país com fortes ambições democráticas para um futuro mais justo.

25 de ani de la Declarația de la Beijing și de la crearea Platformei de acțiune de la Beijing: provocări viitoare la adresa drepturilor femeilor (B9-0114/2021) PT

11-02-2021
Explicații scrise ale votului

A adoção da Declaração de Beijing em 1995 foi um marco inquestionável para a causa da igualdade de género. Desde a sua adoção, registaram-se alguns progressos louváveis quanto ao papel da mulher na sociedade. Todavia, os progressos têm sido morosos. Atualmente, nenhum país da Europa atingiu os objetivos da Declaração de Beijing. Portanto, é urgente avançar com medidas necessárias para fomentar a igualdade de género na sociedade. É também, por isso, que é importante eliminar todas as formas de desigualdades de género, nomeadamente as disparidades salariais entre homens e mulheres, a falta de acesso à proteção social e os riscos de pobreza são mais acrescidos para as mulheres do que para os homens. É muito preocupante constatar que se tem verificado um retrocesso em alguns Estados-Membros em matéria de direitos das mulheres. Não podemos permitir que isso aconteça. A UE tem, por isso, de estar à altura da sua responsabilidade, colocando as mulheres no topo da agenda de recuperação pós-pandemia, a fim de travar a regressão dos avanços alcançados. Devemos fazer muito mais, em termos de legislação e de políticas públicas, em prol da igualdade de género não só por motivações éticas, mas também económica e social. Votei a favor.

Pedro MARQUES
Pedro MARQUES

Pe site-ul NEWSHUB al PE

É com a CBAM (mecanismo de ajustamento fronteiriço de emissões) que conseguimos salvaguardar a ambição climática da União Europeia e garantir mobilização internacional para este desafio comum. A hora de agir é agora.

Uma transição climática justa não pode deixar ninguém para trás. Em debate no Parlamento Europeu, sublinhei que, para o @PSocialista e para grupo @TheProgressives, a escolha é óbvia: proteger o planeta e proteger as pessoas. https://t.co/EPTDSBBTL0 

Assinalar o #diadamulher também é reconhecer que temos muito caminho pela frente. Contra a violência, contra a discriminação, contra a injustiça. Junto-me à campanha #MakeHerCount do @PES_PSE neste #IWD2021. https://t.co/aKsqbfWTFQ 

Contact

Bruxelles

Strasbourg