Destaques da plenária 
 

Eleição da nova Comissão Europeia 2019-2024 

O Parlamento Europeu vai votar na quarta-feira a Comissão liderada por Ursula von der Leyen, depois de esta apresentar o seu colégio de comissários e o respetivo programa aos eurodeputados.

A Conferência dos Presidentes do Parlamento Europeu (PE), constituída pelo presidente da instituição, David Sassoli, e pelos líderes dos grupos políticos, deu hoje, 21 de novembro, as audições dos comissários indigitados por encerradas e autorizou a publicação de todas as cartas de avaliação.

Os líderes parlamentares aprovaram também a agenda da sessão plenária da próxima semana, que inclui a eleição da nova Comissão.

A presidente eleita da Comissão, Ursula von der Leyen, vai apresentar a sua equipa de comissários indigitados e o respetivo programa de trabalho ao PE na quarta-feira, 27 de novembro, às 9h00, seguindo-se um debate com os eurodeputados.

A assembleia europeia decidirá ao meio dia se elege ou rejeita a Comissão no seu conjunto.

O PE elege ou rejeita a Comissão por maioria dos votos expressos, por votação nominal. Depois de aprovados pelo Parlamento, os membros da Comissão são nomeados pelo Conselho Europeu, deliberando por maioria qualificada (artigo 17.º do Tratado da UE).

Caso seja eleita pelo PE, a nova Comissão entrará em funções no dia 1 de dezembro. O mandato é de cinco anos.


Debate: 27/11/2019

Votação: 27/11/2019

Processo: Eleição da Comissão