Destaques da plenária 
 

Emergência climática: Neutralidade carbónica o mais tardar até 2050 

O PE vai debater na segunda-feira e votar na quinta-feira uma resolução sobre a emergência climática e ambiental e outra sobre a próxima Conferência da ONU sobre o Clima, em Madrid.

Os eurodeputados exortam os responsáveis europeus a apresentarem sem demora a estratégia de longo prazo da UE para alcançar emissões líquidas nulas de gases com efeito de estufa o mais tardar até 2050 e a aumentarem o nível de ambição para 2030.

O Pacto Ecológico Europeu, a ser apresentado pela nova Comissão, deve incluir o objetivo de redução de 55% das emissões até 2030, defendem os eurodeputados, insistindo também na necessidade de um financiamento adequado para o novo Fundo para uma Transição Justa.

A redução das emissões requer um esforço abrangente de todos os setores. Os países devem ser incentivados a incluir as emissões provenientes do transporte marítimo e aéreo internacional nos contributos determinados a nível nacional, diz também a resolução da comissão parlamentar do Ambiente.

A delegação do PE à COP25 vai ser liderada pelo eurodeputado holandês dos Verdes/Aliança Livre Europeia, Bas Eickhout.


Debate: 25/11/2019

Votação: 28/11/2019

Processo: perguntas orais e duas resoluções