Medidas anti-dumping: “uma forma moderna de lidar com práticas comerciais desleais” 

 
 

Partilhar esta página: 

A UE vai poder impor direitos aduaneiros mais elevados sobre as importações de produtos provenientes de países terceiros que sejam objeto de dumping ou subvenções.

Pedimos a Christofer Fjellner que nos falasse mais sobre a nova legislação.O eurodeputado sueco do PPE é o relator do Parlamento para esta legislação, cujo objetivo é ajudar a União Europeia a combater os produtos objeto de subvenções e dumping, protegendo assim as empresas europeias de práticas comerciais desleais.

Espera-se também que o novo regulamento encurte a duração das investigações nos casos de anti-dumping e crie um serviço de apoio para as pequenas e médias empresas.

O protecionismo comercial tem recentemente ganho adeptos a nível global. O que vai mudar com as novas regras?

Um dos meus objetivos pessoais era que fossemos capazes de atualizar os nossos instrumentos de defesa comercial sem nos tornarmos protecionistas. Creio que conseguimos cumprir esse objetivo ao implementar uma nova, e mais moderna, forma de lidarmos com as práticas comerciais desleais.

Entrevistas com Christofer Fjellner  

Durante as negociações com o Conselho, o Parlamento garantiu a criação dum serviço de apoio para as pequenas e médias empresas...

Este serviço de apoio vai ajudar as pequenas e médias empresas a apresentar queixas contra práticas comerciais desleais. Hoje em dia, são as grandes empresas, sobretudo as multinacionais, que recorrem às regras anti-dumping para tentarem impedir a comercialização de produtos subsidiados ou que foram objeto de dumping. Independentemente da nossa opinião sobre estes instrumentos, no Parlamento acreditamos que é importante que todas as empresas disponham de igual ao acesso a estes mecanismos. É por este motivo que era importante proporcionar assistência às pequenas e médias empresas, para as ajudar a entender e utilizar estes instrumentos.

Não é cada vez mais difícil para a UE encontrar o meio-termo entre promover o livre comércio e proteger as suas empresas?

A luta entre o livre comércio e o protecionismo dura há séculos, tanto na Europa como no mundo. Hoje em dia, a nível global, o protecionismo parece levar vantagem, mas creio que temos motivos para nos orgulharmos que a Europa tenha decidido não seguir esse caminho. Temos sido capazes de nos manter firmes na defesa dum sistema comercial aberto e regulado. Isto torna-se mais difícil quando outros países, tais como os Estados Unidos, não cumprem as regras do jogo. Creio que fizemos um bom trabalho até agora, mas a luta vai continuar, provavelmente durante mais alguns séculos.