Homenagem a Simone Veil, a primeira mulher a presidir ao Parlamento Europeu 

 
 

Partilhar esta página: 

Simone Veil, ex-Presidente do Parlamento Europeu (PE), faleceu esta sexta-feira, 30 de junho de 2017. O PE rende homenagem à sua importante contribuição para a integração europeia.

Simone Veil, sobrevivente dos campos de concentração nazi e figura central do feminismo na Europa, não foi apenas a primeira mulher a ocupar o cargo de Presidente do Parlamento Europeu entre 1979 e 1982, foi também a primeira pessoa a ocupar o cargo de Presidente de um Parlamento Europeu diretamente eleito pelos cidadãos.

Simone Veil "foi uma grande presidente do Parlamento Europeu, a consciência da UE, uma ativista contra o antissemitismo e defensora dos direitos da mulher. A sua mensagem sobre as mulheres e o antissemitismo permanece relevante até aos dias de hoje”, afirmou o Presidente do Parlamento Europeu, Antonio Tajani, num comunicado.

Simone Veil 1927-2017

Simone Veil nasceu a 13 de julho de 1927 numa família judaica em Nice, França. Em 1944, Simone Veil e a família foram enviados para os campos de concentração nazi de Auschwitz-Birkenau, Bobrek e finalmente Bergen-Belsen. Os pais e o irmão morreriam nos campos.

Em 1979 foi eleita eurodeputada nas primeiras eleições diretas ao Parlamento Europeu. Os colegas elegem-na Presidente do Parlamento Europeu para um mandato de dois anos e meio. Simone Veil tornava-se assim a primeira mulher a ocupar o cargo e o primeiro presidente de um Parlamento Europeu diretamente eleito pelos cidadãos. 

“Pretendo consagrar todo o meu tempo e todas as minhas forças à missão que tenho pela frente... Estou convicta que o pluralismo da nossa assembleia é um fator que enriquece os nossos trabalhos e não é um travão à construção da Europa”, afirmou durante a sessão constitutiva.

Até 1993, altura em que regressou à política francesa e durante os 14 anos enquanto eurodeputada, Simone Veil foi ainda presidente da Comissão dos Assuntos Jurídicos e membro da Comissão do Meio Ambiente, da Saúde Pública e da Defesa do Consumidor, Comissão dos Assuntos Políticos, Comissão dos Assuntos Externos e da Segurança entre outras. Veil foi ainda eleita presidente e vice-presidente do Grupo Liberal e Democrático, que mais tarde se tornou no Grupo Liberal, Democrático e Reformista.

Em 1981, Simone Veil recebeu o prestigiado Prémio Carlos Magno. Em 2011, o espaço externo situado em frente ao Parlamento Europeu em Bruxelas recebeu o nome de Ágora Simone Veil.