Arranque da Conferência sobre o Futuro da Europa: É hora de incluir mais os cidadãos 

Atualizado: 
 
Criado:   
 

Partilhar esta página: 

O processo participativo sobre a Europa foi encetado a 9 de maio com um evento inaugural na sede do Parlamento Europeu em Estrasburgo.

A Conferência visa permitir que os cidadãos europeus partilhem as suas ideias sobre a Europa e formulem propostas para futuras políticas da União Europeia (UE). 

O evento inaugural foi celebrado no Dia da Europa, a 9 de maio, e foi o culminar de uma semana repleta de atividades para assinalar a ocasião. A plataforma digital multilingue da Conferência encontra-se disponível desde o mês de abril para recolher as contribuições de todos os europeus e fomentar o debate. 

O Presidente francês, Emmanuel Macron, o Presidente do Parlamento Europeu, David Sassoli, o Primeiro-Ministro português, António Costa e a Presidente da Comissão, Ursula von der Leyen, falaram na cerimónia que contou com a presença física de estudantes Erasmus + e de membros do Conselho Executivo da Conferência.

Mais de 500 cidadãos compareceram remotamente e surgiram nos grandes ecrãs do hemiciclo parlamentar. Ministros, eurodeputados, membros de parlamentos nacionais e outros convidados também se juntaram ao evento à distância.

Todos os europeus estão convidados a contribuir

Nos seus discursos respetivos, os presidentes sublinharam que o início da Conferência representa uma oportunidade importante para que as pessoas participem ativamente e ajudem a configurar o futuro da UE.

“Estamos numa altura em que os cidadãos querem assumir responsabilidades, querem ter uma palavra a dizer nas políticas que afetam a sua vida quotidiana, o seu futuro, o futuro do planeta”, disse o Presidente do Parlamento Europeu, David Sassoli. “É hora de nos abrirmos para incluir mais os cidadãos na vida pública, e esse é o objetivo desta Conferência”, acrescentou. 

O Presidente francês Emmanuel Macron referiu que “a nossa União precisa de uma vida democrática com um novo fôlego”. “Esse é o sentido da Conferência sobre o Futuro da Europa que juntos, lançamos hoje”, explicou ele, dizendo ainda esperar “que esta Conferência represente o regresso de grandes projetos, grandes ambições, grandes sonhos”. 

O Primeiro-Ministro português António Costa frisou, em representação da Presidência do Conselho da UE: “Este lançamento oficial da Conferência sobre o Futuro da Europa é uma mensagem de confiança no futuro, que queremos transmitir a todos os cidadãos da Europa.” Após o evento, ele dirigiu-se a todos os europeus, sublinhando: “Está aberta esta Conferência, para que todos vós nela participem”. 

“Devemos ouvir todas as vozes - sejam elas críticas ou elogiosas, e garantir que fazemos o acompanhamento adequado em tudo o que for acordado. Mas acredito que esta Conferência é uma oportunidade real para reunir todos os europeus e nos unirmos em torno de uma ambição comum para o nosso futuro, tal como fizeram as gerações anteriores”, disse a Presidente da Comissão, Ursula von der Leyen. 

Os Copresidentes do Conselho Executivo da Conferência, Guy Verhofstadt (Parlamento), Ana Paula Zacarias (Conselho da UE) e Dubravka Šuica (Comissão), responderam às perguntas colocadas pelos cidadãos de toda a União. 

O evento contou ainda com as atuações ao vivo do violinista francês Renaud Capuçon e do Quarteto Karski - um quarteto de cordas constituído por músicos polacos e franceses, residentes em Bruxelas.



Tens propostas sobre o que a UE deveria fazer? Partilha-as na plataforma digital da Conferência, participa ativamente no processo democrático e faz-te ouvir.