Erasmus: mais do que a simples mobilidade de estudantes 

 
 

Partilhar esta página: 

Mais de 3 milhões de estudantes já beneficiaram das bolsas de estudo Erasmus desde o lançamento do programa em 1987.  

Erasmus, o popular programa europeu de intercâmbio de estudantes foi melhorado. A nova versão chama-se “Erasmus+” e inclui iniciativas relacionadas com a educação, a formação, a juventude e, pela primeira vez, com o desporto.

Mais de 3 milhões de estudantes já beneficiaram das bolsas de estudo Erasmus desde o lançamento do programa em 1987. Em 2013 foi quebrado um recorde, quando cerca de 270 000 estudantes Erasmus fizeram parte do seu ensino superior ou realizaram um estágio no estrangeiro.


Com o Erasmus+ vão ser criados programas dedicados ao desporto. Iniciativas de combate ao doping, à violência, à discriminação e à intolerância também se vão poder candidatar ao financiamento. Os estudantes que queiram tirar um mestrado num diferente país da UE também vão ter a possibilidade de se candidatar a um empréstimo com condições mais favoráveis.


A 5 de novembro, a comissão parlamentar da cultura e educação deu a sua aprovação ao resultado das negociações com o Conselho realizadas em junho. Os eurodeputados aprovaram o novo programa Erasmus + em plenário a 19 de novembro de 2013.