Partilhar esta página: 

Antonio Tajani  

O eurodeputado italiano do Partido Popular Europeu, Antonio Tajani, foi eleito esta noite presidente do Parlamento Europeu com 351 votos, contra 282 de Gianni Pittella. Tajani é o 30º presidente da assembleia europeia.

“A partir de hoje serei presidente de todos. Representarei todos os eurodeputados e todos os grupos políticos”, disse Antonio Tajani depois de o presidente cessante, Martin Schulz, lhe dar o lugar da presidência.


Resultados da quarta volta

 

  1. Antonio Tajani (PPE, IT) - 351 votos
  2. Gianni Pittella (S&D, IT) - 282 votos

Abstenções: 80

Votos válidos: 633

Votos expressos: 713


Os eurodeputados portugueses António Marinho e Pinto (ALDE) e Ricardo Serrão Santos (S&D) foram dois dos oito escrutinadores tirados à sorte entre os eurodeputados para acompanhar o processo de votação e proceder à contagem dos votos.

Resultados da terceira volta

 

Votos expressos: 719

Votos inválidos: 29

Votos válidos: 690

Maioria absoluta necessária: 346


  1. Antonio Tajani (PPE, IT) - 291 votos (+4)
  2. Gianni Pittella (S&D, IT) - 199 votos (-1)
  3. Helga Stevens (ECR, BE) - 58 votos (-8)
  4. Jean Lambert (Verdes/ALE, UK) - 53 votos (+2)
  5. Eleonora Forenza (CEUE/EVN) - 45 votos (+3)
  6. Laurentiu Rebega (ENF, RO) - 44 votos (-1)


Resultados da segunda volta


Votos expressos: 725

Votos inválidos: 34

Votos válidos: 691

Maioria absoluta necessária: 346


  1. Antonio Tajani (PPE, IT) - 287 votos (+13)
  2. Gianni Pittella (S&D, IT) - 200 votos (+17)
  3. Helga Stevens (ECR, BE) - 66 votos (-11)
  4. Jean Lambert (Verdes/ALE, UK) - 51 votos (-5)
  5. Laurentiu Rebega (ENF, RO) - 45 votos (+2)
  6. Eleonora Forenza (CEUE/EVN) - 42 votos (-8)


Resultados da primeira volta


Votos expressos: 718

Votos inválidos: 35

Votos válidos: 683

Maioria absoluta necessária: 342 votos


  1. Antonio Tajani (PPE, IT) - 274 votos
  2. Gianni Pittella (S&D, IT) - 183 votos
  3. Helga Stevens (ECR, BE) - 77 votos
  4. Jean Lambert (Verdes/ALE, UK) - 56 votos
  5. Eleonora Forenza (CEUE/EVN) - 50 votos
  6. Laurentiu Rebega (ENF, RO) - 43 votos


Apresentações dos candidatos em plenário


A eleição do novo presidente do Parlamento Europeu começou esta manhã com uma breve apresentação de cada um dos seis candidatos no hemiciclo de Estrasburgo. O candidato do grupo dos liberais, Guy Verhofstadt, retirou a sua candidatura.

 Laurentiu Rebega (ENF, RO) - vídeo


Jean Lambert (Verdes/ALE, UK) - vídeo


Eleonora Forenza (CEUE/EVN, IT) - vídeo


Helga Stevens (ECR, BE) - vídeo


Gianni Pittella (S&D, IT) - vídeo


Antonio Tajani (PPE, IT) - vídeo


A eleição processa-se por escrutínio secreto e pode desenrolar-se em quatro voltas. Para ser eleito, um candidato tem de obter a maioria absoluta dos votos expressos válidos. Se, no terceiro escrutínio, nenhum dos candidatos for eleito, só poderão candidatar-se à quarta volta os dois candidatos que na terceira volta tenham obtido maior número de votos, sendo eleito o candidato mais votado.


Anteriores presidentes do Parlamento Europeu

 

Presidentes do PE de 1952 a 1979

 

1952 - 1954 - Paul-Henri SPAAK (Soc, BE)

1954 - Alcide DE GASPERI (CD, IT)

1954 - 1956 Giuseppe PELLA (CD, IT)

1956 - 1958 Hans FURLER (CD, DE)

1958 - 1960 Robert SCHUMAN (CD, FR)

1960 - 1962 Hans FURLER (CD, DE)

1962 - 1964 Gaetano MARTINO (L, IT)

1964 - 1965 Jean DUVIEUSART (CD, BE)

1965 - 1966 Victor LEEMANS (CD, BE)

1966 - 1969 Alain POHER (CD, FR)

1969 - 1971 Mario SCELBA (CD, IT)

1971 - 1973 Walter BEHRENDT (Soc, DE)

1973 - 1975 Cornelis BERKHOUWER (L, NL)

1975 - 1977 Georges SPENALE (Soc, FR)

1977 - 1979 Emilio COLOMBO (CD, IT)

Presidentes do PE desde 1979 (após as primeiras eleições ao PE por sufrágio direto)


Sessão de julho de 1979: Simone VEIL (LDR, FR)

- eleita à segunda volta com 192 votos (votos expressos: 377)


Sessão de janeiro de 1982: Pieter DANKERT (PES, NL)

- eleito à quarta volta com 191 votos (votos expressos: 366)


Sessão de julho de 1984: Pierre PFLIMLIN (EPP, FR)

- eleito à segunda volta com 221 votos (votos expressos: 403)


Sessão de janeiro de 1987: Lord (Henry) PLUMB (ED, UK)

- eleito à terceira volta com 241 votos (votos expressos: 477)


Sessão de julho de 1989: Enrique Barón CRESPO (PES, ES)

- eleito à primeira volta com 301 votos (votos expressos: 475)


Sessão de janeiro de 1992: Egon KLEPSCH (EPP, DE)

- eleito à primeira volta com 253 votos (votos expressos: 446)


Sessão de julho de 1994: Klaus HÄNSCH (PES, DE)

- eleito à primeira volta com 365 votos (votos expressos: 452)


Sessão de janeiro de 1997: José Maria GIL ROBLES (EPP, ES)

- eleito à primeira volta com 338 votos (votos expressos: 515)


Sessão de julho de 1999: Nicole FONTAINE (EPP-ED, FR)

- eleita à primeira volta com 306 votos (votos expressos: 555)


Sessão de janeiro de 2002: Pat COX (ELDR, IE)

- eleito à terceira volta com 298 votos (votos expressos: 568)


Sessão de julho de 2004: Josep BORRELL FONTELLES (PES, ES)

- eleito à primeira volta com 388 votos (votos expressos: 647)


Sessão de janeiro de 2007: Hans-Gert PÖTTERING (EPP-ED, DE)

- eleito à primeira volta com 450 votos (votos expressos: 689)


Sessão de julho de 2009: Jerzy BUZEK (EPP, PL)

- eleito à primeira volta com 555 votos (votos expressos: 644)


Sessão de janeiro de 2012: Martin SCHULZ (S&D, DE)

- eleito à primeira volta com 387 votos (votos expressos: 670)


Sessão de julho de 2014: Martin SCHULZ (S&D, DE)

- eleito à primeira volta com 409 votos (votos expressos: 612)