Espécies ameaçadas na Europa: factos e números (infografia) 

Atualizado: 
 
Criado:   
 

Partilhar esta página: 

Dos oito milhões de espécies de todo o mundo, um milhão está em risco de extinção. Descubra quais e quantas são as espécies sob ameaça ou já extintas na Europa.

As espécies ameaçadas são todas as plantas e todos os animais que correm o risco de extinção. Essa situação ocorre principalmente devido à perda e à degradação do habitat, mas também é causada por outros fatores como: a poluição, as alterações climáticas e as espécies exóticas invasoras, entre outros. No entanto, a biodiversidade é indispensável para manter ecossistemas saudáveis e para a vida humana.

Com o objetivo de preservar as espécies em risco de extinção, em junho de 2021, o Parlamento Europeu aprovou a sua posição sobre a ‘Estratégia de Biodiversidade da UE para 2030 – Trazer a natureza de volta às nossas vidas’, que visa fazer face às principais causas da perda de biodiversidade e estabelecer metas juridicamente vinculativas. 

Após o voto dos eurodeputados na nova estratégia de biodiversidade para 2030, descubra algumas curiosidades sobre as espécies ameaçadas e a perda de biodiversidade na Europa.

Espécies ameaçadas na Europa

A União Internacional para a Conservação da Natureza (IUCN) criou a Lista Vermelha das Espécies Ameaçadas da Europa de modo a apelar à ação para tentar salvar as espécies.

1677 espécies  ; É o número de espécies em vias de extinção, de um total de 15060 espécies europeias analisadas pela IUCN.

Partilhar esta citação: 

Das 1677 espécies europeias em risco de extinção, as mais ameaçadas são os caracóis, as amêijoas e os peixes.

Mais de metade das árvores endémicas da Europa, incluindo a castanha-da-índia, a Heberdenia excelsa e o sorbus estão sob ameaça e cerca de um quinto dos anfíbios e répteis estão em perigo.

A raposa ártica, o visão-europeu, a foca-monge mediterrânica, a baleia-franca-do-atlântico-norte e o urso polar estão atualmente entre os mamíferos mais ameaçados da Europa.


Os polinizadores também estão em declínio. Uma em cada 10 espécies de abelhas e borboletas europeias está ameaçada de extinção.

Infografia sobre as espécies mais ameaçadas na Europa  

Espécies extintas na Europa


De acordo com a UICN, a partir de 2015, 36 espécies foram declaradas extintas na Europa, incluindo muitos peixes de água doce, várias outras espécies de Coregonus (um tipo de salmão), o molusco de água doce Graecoanatolica Macedonica (um pequeno caracol de água doce exclusivo do Lago Dojran na Grécia e na Macedónia do Norte), e a Pensée de Cry (uma flor roxa).

No que diz respeito aos mamíferos, o auroque (um tipo de bovino selvagem de tamanho grande) e o Pica-da-Sardenha (um primo do coelho) foram considerados extintos nos séculos XVII e XVIII, respetivamente.

É necessária uma investigação mais aprofundada para avaliar a situação, em especial a das abelhas, dos mamíferos marinhos e dos peixes, entre outros.

Saiba mais sobre a legislação europeia relativa ao bem-estar dos animais.